Super User

Super User

A Loucos & Santos aposta na cortiça em uma releitura atualizada para o verão 2017. Passando longe do tradicional, ela recebe a aplicação da tela no estilo arrastão. O resultado é uma combinação harmônica do sensual com a vibe natural da cortiça. 

Para arrasar nas produções e destacar os sapatos e bolsas no dia a dia, a pedida é se jogar em looks neutros, como jeans e camisa. Já quem prefere arriscar em algo mais ousado, vale combinar com um vestido ou um blazer colorido.

As peças fazem parte da Coleção Enjoy - Spring/Summer 2017 Loucos & Santos e podem ser encontradas nas lojas da rede.

A tradicional Semana da Indústria de Birigui será realizada de 22 a 27 de outubro com uma série de atrações. A programação começará com o jantar de confraternização e a homenagem às empresas associadas ao Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário (Sinbi), no dia 22. Serão agraciadas as empresas que completaram 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45 e 50 anos. A Semana da Indústria conta com o patrocínio de Couromoda, Francal Feiras, Patrus Transportes e Banco do Brasil.

No dia 25, às 19h30min, na abertura oficial, haverá o lançamento oficial do Projeto Ímpar – um passo para o futuro. Os representantes do Sinbi explicarão os objetivos e desafios do projeto, como contribuir e receber doações, além de apresentar vídeos com depoimentos de atletas de São José do Rio Preto.

Após, acontecerá a palestra “Comunicação na web e a entrega de conteúdo para o consumidor digital”, com o diretor criativo da iSimples, especialista em comunicação digital, Ricardo Storti. O evento conta com a parceria da Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi).

“Love marks: como construir marcas queridas que conquistam os corações dos consumidores” é o tema da palestra do dia 26, às 19h30min. O professor de marketing, branding e coordenador dos programas de mercado da pós-graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM - Sul), Artur Vasconcellos, explicará como algumas marcas vêm criando vínculos afetivos como base de posicionamento. Esta palestra tem a parceria da Associação Brasileira das indústrias de Calçados (Abicalçados) e o apoio da ESPM.

Dupla programação 

No dia 27, serão realizadas duas atividades. Das 8h às 12h, haverá uma sessão de negócios com empresas do setor de componentes e fabricantes de moda. O Sinbi já realizou uma sessão semelhante no primeiro semestre, porém é a primeira vez que ela acontecerá durante a Semana da Indústria. O objetivo é gerar interatividade entre fornecedores e indústrias de calçados, vestuário e acessórios. Os atendimentos serão pré-agendados e a participação é gratuita para fabricantes visitantes. O cadastro deve ser feito com antecedência. A sessão conta com a parceria da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e o apoio do Sebrae-SP.

Para encerrar a programação, às 19h30min, haverá a “Conexão Inspiramais”, com informações antecipadas para as coleções do verão 2018. O evento também tem a parceria da Assintecal.

Sensibilização com ações socioambientais 

Durante a Semana da Indústria, também serão realizadas campanhas de conscientização de empresários participantes, parceiros e comunidade em geral sobre a utilização de biocombustível e seus benefícios. As ações ocorrerão por meio de campanha de e-mail marketing, divulgações nas redes sociais, mensagem por celular e antes das palestras.

A mobilização faz parte do projeto Ecosinbi, desenvolvido pelo sindicato para compartilhar informações e conhecimentos sobre práticas sustentáveis, além de ações educativas. Por isso, a Semana da Indústria é um evento carbono zero, ou seja, todos os dias os participantes receberão uma ficha, na qual poderão inserir o tipo de veículo, combustível e quilometragem utilizada para se deslocar até o Sinbi.

“O intuito dessas ações vem ao encontro da necessidade de adotarmos cada vez mais práticas sustentáveis, sejam nas empresas ou em nossas casas. O sindicato busca, por meio das ações e atividades do Ecosinbi, incentivar a todos a refletir sobre a possibilidade de o desenvolvimento andar ao lado de sustentabilidade”, diz o presidente do Sinbi, Carlos Mestriner.

No término da semana, os dados serão contabilizados, e o resultado indicará quantas árvores serão necessárias para neutralizar o carbono emitido. Na prática, após a soma, haverá plantio e reposição de mudas de árvores naárea mantida pelo projeto e seus parceiros. No ano passado, 240 mudas de árvores nativas, frutíferas e ornamentais foram plantadas. Com a ação, a reposição total do espaço foi concluída e atualmente a área verde possui 1.063 árvores.

 Solidariedade

Também haverá uma ação de cunho social durante o evento, em parceria com o Instituto Pró-Criança, braço social do Sinbi. Antes de cada palestra, os participantes poderão contribuir solidariamente levando brinquedos educativos/pedagógicos, que posteriormente serão doados para as crianças e famílias assistidas pela instituição. O instituto terá um espaço dentro do salão de eventos do Sinbi para receber as doações.

 

 

 


Future Footwear promove ações na Semana do CalçadoFuture Footwear promove ações na Semana do CalçadoFuture Footwear promove ações na Semana do Calçado

Duas ações do programa Future Footwear, lançado em agosto, farão parte da Semana do Calçado, que acontece entre os dias 17 e 20 de outubro, em Novo Hamburgo/RS. Na programação estão previstas o FF Exchange, uma rodada de negócios entre empresas do setor coureiro-calçadista e fornecedores de tecnologia e gestão, e o FF Meeting, um encontro com o objetivo de aproximar entidades setoriais de tecnologia e indústria calçadista.

Marcado para acontecer das 14h às 17h do dia 18, na sede do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC), em Novo Hamburgo, o FF Exchange é uma rodada de negócios tipo “speed dating” entre empresas âncoras associadas às entidades realizadoras e fornecedores de soluções em Tecnologia da Informação e Consultoria em Gestão. Estão confirmadas como âncoras as empresas Arezzo/Schutz, Sugar Shoes, Grupo Priority (West Coast/Cravo e Canela), Bibi, Terra & Água, Axi Ambiental, NBN Automação Industrial, Mecsul Máquinas e Equipamentos, BKS Indústria e Comércio de Máquinas, Soubach Special Leathers, Courovale, Couros Bom Retiro, Orisol e Dublauto. Segundo a gestora de Projetos da Abicalçados, Roberta Ramos, o objetivo da rodada é aproximar as soluções tecnológicas e inovadoras da cadeia coureiro-calçadista. “Queremos que as empresas que hoje trabalham no setor calçadista conheçam soluções que já existem para o aumento da sua produtividade”, comenta a gestora.

Meeting

No dia 19 é a vez do FF Meeting. O encontro de entidades representativas do setor calçadista e afins acontecerá na sede da Abicalçados, também em Novo Hamburgo/RS, das 13h30 às 17h30. “O objetivo é criar o engajamento das entidades parceiras do setor e de fora dele, especialmente as representativas de setores ligados à tecnologia e inovação. A partir do conhecimento construído no evento, vamos unir forças para discutir e aplicação dos conceitos da Indústria 4.0 no setor”, adianta Roberta.

Estão confirmados no encontro, de onde deve resultar um grupo de trabalho para a inserção dos conceitos da manufatura avançada na cadeia coureiro-calçadista, além das entidades realizadoras do Future Footwear, representantes da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), da Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software (Softsul), do Trino Polo (Polo de Informática de Caxias do Sul), do Conselho de Inovação e Tecnologia (Citec/Fiergs), da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Indústria e Comércio Exterior (MDIC), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e das universidades Feevale, Unisinos, PUCRS e UCS.

Future Footwear

Lançado no último dia 24 de agosto, o Future Footwear é um guarda-chuva de ações que tem o intuito de estabelecer uma verdadeira revolução no setor coureiro-calçadista brasileiro através dos conceitos da Indústria 4.0. O programa é conduzido pela Abicalçados, Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para Couros, Calçados e Afins (Abrameq), com o apoio do Instituto By Brasil (IBB) e Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). 

Fonte: Abicalcados

 

 

 

 

 

 

Projeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistasProjeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistasProjeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistas

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), por meio do programa Brazilian Footwear, mantido em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoveu o Projeto Comprador com o grupo Alshaya, dos Emirados Árabes Unidos. As rodadas de negócios, realizadas com dez empresas de calçados, aconteceram na sede das empresas e também na Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS, entre os dias 4 e 6 de outubro.

Com 100 lojas próprias localizadas no Oriente Médio, o grupo Alshaya busca calçados femininos de maior valor agregado e menos sensíveis ao preço. “O objetivo é criar uma linha mais premium, como opção aos produtos de materiais sintéticos importados da China”, conta a gerente de compras da empresa, Cyril Julianes, que classifica o que viu durante as rodadas como “excelente”.

O relatório da Abicalçados aponta para uma projeção de mais de US$ 120 mil em negociações para os próximos seis meses. A analista de Promoção Comercial da entidade, Patrícia Ledur, destaca que a gerente de compras ficou satisfeita com a qualidade dos produtos e com a estrutura das empresas. “Ela colocou que a estrutura das empresas é de nível europeu, bem diferente do que elas encontram na China”, avalia Patrícia.

Emirados Árabes

A ação foi idealizada com base no Estudo de Mercado realizado durante a primeira missão de prospecção realizada nos Emirados Árabes Unidos, em maio passado. Naquela oportunidade, foram identificados grupos potenciais para participação no Projeto Comprador Vip. Atualmente, o país árabe é considerado fundamental para as exportações de calçados, sendo considerado um dos mercados-alvo do programa Brazilian Footwear. “Apesar da queda nas exportações de calçados para lá, ocasionada por fatores macroeconômicos e dificuldades enfrentadas pelo país,  o mercado segue sendo fundamental para o incremento dos embarques de calçados, especialmente os de maior valor agregado”, comenta Patrícia.

Entre janeiro e agosto deste ano, os Emirados Árabes Unidos importaram 1,24 milhão de pares verde-amarelos, que geraram quase US$ 12 milhões, 25% menos do que no mesmo período de 2015. O preço médio do calçado brasileiro importado pelo país é de US$ 9,50, 16% maior do que o pago na média geral, de US$ 8.

Participaram da ação as empresas Anzetutto, Cristófoli, Lia Line, Sauter, Cecconello, Werner, Stéphanie Classic, Paquetá, Morena Rosa e Dakota.

Fonte: Abicalcados

 

 

 

Operação padrão prejudica calçadistasOperação padrão prejudica calçadistasOperação padrão prejudica calçadistas

A operação padrão nas aduanas, realizada pelos auditores fiscais do Rio Grande do Sul há mais de um ano, com intensificação desde julho do ano corrente, vem prejudicando os calçadistas gaúchos. O alerta é do presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein.

Amanhã, em encontro na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), o executivo da Abicalçados entregará uma carta ao Ministro do Desenvolvimento, Marcos Pereira, solicitando uma maior agilidade por parte do Governo Federal no cumprimento dos acordos realizados com a categoria em março deste ano, constantes no Termo de Acordo Nº 2/2016.

Segundo Klein, a retenção de mercadorias nos portos tem gerado prejuízos no abastecimento de insumos para indústrias do setor, colocando não somente a produção, mas empregos em risco. “O movimento dos auditores fiscais está causando atrasos operacionais de 48 a 168 horas, atrasando a liberação de insumos importantes para a produção de calçados, além de aumentar ainda mais os custos logísticos”, lamenta.  

O presidente do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Rio Grande do Sul, Lauri Kotz, explica que a operação padrão dos auditores foi intensificada a partir de julho, aumentando os prejuízos para as indústrias gaúchas. Segundo ele, o prejuízo é estimado em US$ 3 milhões diários, contando a paralisação do transporte terrestre, marítimo e aéreo. “Hoje todos os portos terrestres, aéreos e marítimos do Rio Grande do Sul estão sofrendo por causa da operação padrão”, comenta o dirigente.

Fonte : Abicalcados

Sucesso nas décadas de 1970 e 1990, as construções flatforms voltaram com tudo nessa temporada! A tendência, que dominou as passarelas na semana de moda em Nova Iorque, voltou como uma febre e tem tomado conta das ruas do mundo todo! Confortáveis, charmosas e versáteis, os modelos da Moleca são a cara do que está acontecendo no streetstyle!

 As  flatforms possuem um toque minimalista e clássico, pois foram moda nos Pool Parties da Califórnia nos anos 70 e continuam, entre idas e vindas, no universo fashion até hoje! Os modelos da Moleca são fáceis de usar e dão muita personalidade ao visual; é possível combiná-los com peças de diversos estilos para vários momentos diferentes, sem complicações, e arrasar na produção!

 Além de tudo, os calçados da Moleca criam silhuetas lindas e mantêm as mulheres nas alturas, sem tirar o conforto e o bem-estar que elas tanto precisam no dia a dia. As sandálias e os sapatos flatforms dão um toque divertido aos looks, seja no estilo ladylike, rock’n’roll ou casual e comfy; seja num passeio na beira da praia, Happy Hour com os colegas de trabalho ou jantar com a família e amigos.

 O design das flatforms combina até com o visual Boyish. Que tal com uma calça boyfriend e camisas básicas de tecido mais fluído? A junção é muito prática e confere muita liberdade para os movimentos em passeios descontraídos ao ar livre! E ficam lindas também com o estilo setentista ou pin-up, com playsuits denim, saias e shorts estruturados de cintura alta com croppeds!

 Se precisar de conforto e elegância em ocasiões mais formais, basta combiná-las com calça slim e blusas minimalistas feitas de leve e tecido sofisticado, ou vestidos fluídos e saias geométricas. A contraposição de pesos com os calçados da Moleca e o mix de texturas confere destaque à silhueta feminina e ainda cria um ar chique sem esforço, perfeito para quem precisa de praticidade no dia a dia!

Além de fashion, o salto plataforma ganha pontos pelo conforto. Para o verão 2017, a Valentina elegeu o modelo entre os hits da coleção. Combinado com diferentes cores e texturas, ele figura entre sandálias e espadrilles que apostam na estética boho renovada, revelando composições onde bordados e materiais naturais são os protagonistas.

 As estampas para a temporada são ricas em detalhes. Conferindo uma exuberância única para as construções, o Paisley, padronagem que une diversos elementos da cultura indiana, traz o revival dos anos 70 para saltos e cabedais trabalhados em tons como marinho, pink e caramelo. As mandalas também chamam a atenção entre as opções, consagrando a sintonia entre diferentes formas geométricas.

 Construções mais delicadas e com pigmentos naturais, como o nude em diferentes tonalidades, surgem exibindo crochê, rendas estruturadas, cordas, linha e cortiça, além de amarrações características das espadrilles. O jeans não poderia ficar de fora. Considerado um clássico do closet feminino e sinônimo de atemporalidade, o material marca sandálias com superfícies desgastadas e costuras aparentes. Quando aos detalhes, barbicachos representam o DNA tendência boho, conferindo movimento e um charme a mais para os lançamentos.

LILYBI

A coleção primavera-verão 2017 da Lilybi traz as últimas tendências da moda com calçados em diversos estilos, estampas e cores.  Com a atriz mirim Mel Maia na frente da campanha, que tem como tema “Seja quem você quiser”, a coleção ressalta a importância da menina ser, brincar e se vestir como desejar, sem vergonha de ser feliz. São destaques para o Dia da Criança o tênis do humor e as sapatilhas. O tênis, além de divertido, também é interativo. Nele, a menina pode trocar a estrelinha (que vem colada), conforme o humor dela. Já as sapatilhas da marca  chegam em várias estampas e cores diferentes.

KLIN

Entre as novidades da Klin, estão o Calce Fácil Klin e a Linha Urban Flex. A Klin pensou em um modelo que pudesse ser facilmente calçado. Assim nasceu o Calce Fácil, um sapatinho com conceito inédito, que encaixa perfeitamente os pezinhos delicados, com a numeração do 15 ao 20.  Para a linha Urban Flex, a marca desenvolveu papetes que podem trocar os cabedais, trazendo uma maneira divertida para os meninos desfilarem, a cada dia, uma nova cor nos pés! Basta desconectar o botão de pressão do cabedal para colocar o outro. É como se tivesse dois sapatos em um! 

NOVOPÉ / ITWEENS

A coleção verão 2017 da Novopé promete fazer o maior sucesso. A linha Novopé é para os baixinhos com a numeração do 18 ao 27. Já a linha iTweens, que veio com tudo para fazer a cabeça da garotada, foi desenvolvida para o público teen, com os tamanhos do 28 ao 36.  Tênis branco, o queridinho do momento, que foi uma peça muito usada nos anos 90, voltou com tudo. E, para as meninas fashionistas mais descoladas, a opção do branco com glitter dourado. Cinza com rosa, azul, mostarda e caramelo prometem ser as cores da moda primavera-verão 2017. E não poderia faltar o campeão de vendas: o Sticadinho da Novopé, tênis com cadarço de borracha superprático e estiloso com cores vibrantes para garotada abusar no look!

KIDY

As novidades da Kidy para o Dia da Criança prometem conquistar os pequenos aventureiros e as minifashionistas. Para os meninos, destacam-se as linhas Wave, composta por papetes, e Play, com tênis tecnológicos. As sandálias vêm com um carrinho com luz e sistema Pullback (a criança puxa, solta e o carrinho anda sozinho) e os tênis trazem supercarros.  Já para as garotas, brindes especiais acompanham diversos produtos. Três modelos de sapatilhas da linha ‘Kidy Amar É’ vêm com um batom na cor da estação, o rosa quartzo. Além disso, a Sapatilha Kidy Soft e a Sandália Kidy Amar É Baby dão direito a uma linda coroa de princesa.

BLOOMPY

Para o Dia da Criança, a Bloompy lança produtos aliando a  tendência do visual street com o brilho que as nossas princesas desejam! A marca traz para os pezinhos das pequenas toda a beleza, conforto e segurança que elas merecem. Além disso, a Bloompy apresenta inovações em cores e materiais em seus produtos tradicionais, focando sempre no conforto e na qualidade.

ORTOPASSO

A coleção verão 2017 da Ortopasso traz modelos que foram cuidadosamente desenvolvidos para oferecer o máximo de conforto e segurança para que os meninos e meninas possam viver as mais diversas aventuras. Modernidade, beleza e estilo os acompanham dos primeiros passos até a adolescência. O design atende a todos os estilos e gostos, servindo para diversas ocasiões e vivências. A maioria dos modelos – tênis, sapatos, sapatilhas e sandálias – é confeccionada em couro, com costuras reforçadas (sem perder o glamour) e solas antiderrapantes, flexíveis e leves. Há uma variedade de cores e, principalmente, atributos de conforto, ponto comum em todos os modelos. 

DIVERSÃO

Celebrando o Dia das Crianças, a Diversão Calçados preparou novidades da Disney que aliam moda e os personagens mais aclamados pelo público infantil. Nas opções da Disney voltadas para o universo feminino infantil, a gatinha Marie, Minnie e as Princesas ilustram superfícies que apostam na praticidade do fechamento a velcro. Já para os garotos, o time de heróis de The Avengers é o grande protagonista, representado por Capitão América, Homem de Ferro, Hulk e Homem Aranha As coleções Toy Story, Mickey e Carros também apresentam opções dentro da tendência cupsole, privilegiando pigmentos como vermelho e preto.

VALENTINA

O estilo das mamães sempre foi uma grande inspiração para as pequenas fashionistas. Com o público infantil cada vez mais conectado, a vontade de estar por dentro das tendências e em sintonia com a moda do universo adulto fala mais alto. Transformando o desejo das meninas em realidade nesse Dia das Crianças, a Valentina apresenta novidades encantadoras da linha ‘Tal mãe, Tal filha’ para o verão 2017. Modelos idênticos, disponíveis em numerações adultas e infantis, são os protagonistas da coleção. Os lançamentos sinalizam o conforto de sapatilhas, espadrilles e rasteiras que reverenciam o bohemian lifestyle.

LILICA

Nos calçados as apostas ficam por conta das sandálias gladiadoras, sandálias com tranças em corda, peep toes e espadrilhes que chegam em glitter fazendo alusão a atmosfera folk da estação. As liliquetes ainda contam com a linha beachwear e diversos acessórios como as bolsas, mochilas, cintos, chapéu de renda, lenços, faixas de cabelo e tiaras.

TIGOR

Os calçados ganham destaque com o tênis que traz cadarço em forma de elástico colorido para combinar com diversos looks, os sapatênis com zíper personalizado nas laterais, além dos modelos de sandálias para os dias mais quentes da estação. Para os meninos cheios de atitude a coleção conta ainda com a linha beachwear e os acessórios personalizados como um chapéu vintage, os bonés, cintos e mochilas.

Pelo quarto ano consecutivo, a Data System, empresa que desenvolve softwares especializados em calçados e confecções, realizou o Fórum Data System, que abordou diversos temas importantes para o varejo através de especialistas renomados. O evento que aconteceu em Limeira, São Paulo, reuniu cerca de 250 empresários, entre eles dos setores de calçados e confecção, teve como principal foco levantar pontos cruciais para a evolução do empreendedorismo. 

A abertura do Fórum ficou a cargo de Rodrigo Roland, CEO da Data System, que enfatizou a importância em oferecer eventos focados no desenvolvimento interno e capital humano, trazendo a prática através da experiência de profissionais de renome no mercado, para somatizar ainda mais resultados concretos aos clientes da Data System.

Alex Marques, diretor comercial da empresa, apresentou uma grande inovação da Data System, o aplicativo USE - desenvolvido através de conceitos e ferramentas que abrem possibilidades para mobilidade e eficiência nas integrações. “O APP USE permite aos clientes novas oportunidades, como, por exemplo, ter as informações no seu celular em tempo real, acompanhamento de metas, performance da sua equipe e muito mais”, comenta Alex.

Para somar o conhecimento e dar início aos aprendizados, Leonardo Marchi, Sócio-Diretor de Educação Corporativa na Praxis Business Franchising & Varejo, deu dicas práticas sobre autoconhecimento e explicou em detalhes como agregar valor as empresas. Também pontuou a importância do treinamento e capacitação, o novo processo de vendas no varejo e comparou a venda consultiva para gerar maiores resultados.

Cases de sucesso

O 4º Fórum Data System também contou com a participação especial de Euclides Gonçalves, gerente de Arquitetura da Riachuelo, que apresentou dados sobre a transformação de uma loja local à maior empresa de moda do Brasil, abordando o processo de decisão de compra do novo consumidor, conectado principalmente no relacionamento das empresas com o meio ambiente e como estas impactam em nossas vidas. 

Para finalizar, subiu ao palco Julio Takano, proprietário da Kawahara Takano Soluções para Varejo e presidente da ABIESV (Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo). Takano falou sobre a importância da promoção de vendas para empresas de varejo, sua eficácia e como agregar valor desta maneira ao produto e, consequentemente, aos olhos do cliente. Apresentou cases voltados para arquitetura de lojas e varejo, mostrando a importância de gerar valor na prática através do ponto de venda, somado ao atendimento consultivo e adaptação de linguagem sensorial, através da inovação e design de interiores.

Uma importante data para o comércio se aproxima e os lojistas precisam estar atentos para tirar os melhores resultados possíveis dela. Estamos falando do Dia das Crianças, celebrado em 12 de outubro e que costuma gerar bons negócios ao varejo que comercializa artigos para os públicos infantil e infanto-juvenil.

Ouvido pela reportagem do portal Couromoda.com, o palestrante, conferencista, empresário e especialista em desenvolvimento de equipes Carlos Fortes explica que a abordagem deve se concentrar em dois vértices: apelo sentimental e vantagens práticas. "É imprescindível fazer uma reunião prévia com a equipe de vendas e reforçar as ações sobre essa data", diz.

Fortes lembra que nas vendas para o Dia das Crianças é preciso encantar os pequenos e, ao mesmo tempo, convencer os pais. Ou seja, são duas frentes de trabalho que devem ser atacadas simultaneamente. Mas como fazer esta venda de maneira satisfatória para a loja?

Segundo o especialista, boa parte do esforço para o encantamento dos pequenos já é feita pela mídia, por intermédio de comerciais ou ações em programas infantis, na TV ou internet. "Para os lojistas, isso é muito bom, uma vez que a criança já entra na loja sabendo o que quer", detalha, lembrando, porém, que o lojista precisa estar bem abastecido com as principais novidades do segmento. 

Ao mesmo tempo, prossegue Fortes, o desafio de convencer os pais passa muito pelas condições e preços oferecidos. "Terá sucesso nas vendas o varejista que conseguir ofertar condições que permita aos pais adequar o presente desejado ao orçamento da família", avalia. "Nestes casos, o vendedor deve tirar o foco da compra em si e concentrá-lo no sentimento de satisfação e felicidade que o pequeno terá com aquele presente", complementa.

Decoração e vitrines

A decoração da loja deve ser impecável e ter elementos que remetam ao universo infantil "Mesmo o lojista tendo um custo com adereços, vale a pena o investimento, pois a loja atraira mais clientes. Da mesma maneira, as vitrines devem estar bem arrumadas e decoradas. Costumo dizer nos meus treinamentos que a vitrine é a isca que coloca o cliente para dentro da loja. Se essa isca for atrativa, mais clientes entrarão", ensina. 

Sobre a exposição dos produtos, é importante que a loja seja preparada para se auto-vender (visual merchandising), e que essa exposição respeite os vários tamanhos das crianças, lembrando que produtos que estão ao alcance das mãos e dos olhos deles tendem a ter melhor giro de vendas.

Aspectos técnicos

Por mais emotiva que seja a data, aspectos absolutamente técnicos e materiais nunca devem ser desprezados. Atributos como segurança, ergonomia e qualidade dos materias usados no produtos precisam ser salientados. "A argumentação e conhecimento sobre os artigos são fundamentais para o convencimento dos pais. Características do produto e benefícios são algumas destas valências", pondera Forte. Ao tratar do preço, uma técnica ensinada é a de dividir montante pelo tempo estimado de uso, demonstrando que o investimento vale a pena.

"Nesse ano tenho percebido que, devido ao momento conturbado da economia, as pessoas não estão deixando de presentear, porém o valor está sendo predominante na hora da escolha. Por isso, é essencial relacionar os benefícios e as vantagens de quem compra, para que ele entenda que está fazendo um bom negócio", destaca.

Abordagem emocional

O especialista em desenvolvimento de equipes sugere aos vendedores abordagens extremamente emocionais e que criem uma sintonia com os clientes, pais e crianças. Perguntas como "Só para eu entender, é para quem o presente?" "Como se chama o seu filho?" "Como você imagina que ele vai reagir quando abrir esse presente?" e "É importante pra você ver seu filho feliz?" vão criar no imaginário dos pais uma conexão com o momento futuro e permitir ao atendente saber mais sobre os clientes atendidos.

"Elogios, quando sinceros, também funcionam muito bem, principalmente se a criança estiver junto dos pais na hora da compra do presente. Algo como "parabéns pelo seu filho, ele é muito educado" e "nossa, que bom gosto que ele tem, provavelmente herdou dos pais" facilitam a venda, pois mexem com a autoestima dos clientes. "Mas esses argumentos só podem ser usados se corresponderem à realidade. Caso contrário, o elogio terá o efeito contrário, parecendo que o vendedor está mentindo para fechar o negócio de qualquer maneira", alerta.

Peguntas que fecham negócios 

Se, apesar de todas as estratégias, os pais seguirem reticentes, algumas perguntas podem permitir a concretização do negócio. Algo do tipo "Mas seu filho merece, não merece? ou "Dia das crianças é só uma vez ao ano, não é mesmo?" podem fazer a balança pender a favor do lojista. E, para finalizar, se valer de uma afirmação do tipo "com certeza seu filho nunca mais vai esquecer do dia que ele ganhou esse presente!" vai afastar qualquer dúvida do cliente e certamente será um ponto positivo para o estabelecimento, que certamente entrará na memória afetiva dele.

Page 3 of 112

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não