Noticias

Noticias (672)

 

Com notoriedade nacional e internacional, a Kildare tem tradição no desenvolvimento de calçados para o público masculino, aliando design, conforto e personalidade. Para evidenciar as tecnologias empregadas nas suas criações, a marca produziu uma campanha que apresenta os diferenciais do produto com muito movimento e estilo.

Nomeada “Missão Kildare: produzir o melhor calçado do mundo”, a produção tem um título autoexplicativo, que expressa o compromisso da marca com o desenvolvimento de peças que traduzam os desejos do seu consumidor, que preza essencialmente por calçados confortáveis, que acompanhem a sua rotina com autenticidade e praticidade.

As principais tecnologias do mix são apresentadas em cenário altamente tecnológico, ambientado por efeitos cinematográficos, drones e lasers que ilustram as novidades da marca em 3D acompanhadas de seus diferenciais.

Destacam-se na campanha o solado flexileve, confeccionado em EVA que garante leveza, flexibilidade e alta resistência à abrasão; a tecnologia easyfit, que consiste em elásticos e zíperes para facilitar o calce; lining 100%, um forro de tecido acolchoado que cobre totalmente a parte interna dos produtos; a palmilha feel me, produzida a partir de uma combinação exclusiva de borracha e EVA que garante maciez, se adapta ao pé, não deforma e absorve impacto; best leather, couro natural e extramacio, desenvolvido especialmente para cada linha de calçados; forma no squeeze, exclusiva da Kildare; e o diferencial one to one, em que cada sapato passa por várias mãos e recebe acabamento artesanal, resultando em um produto único.

Ficha técnica:
Campanha: Missão Kildare: Produzir o Melhor Calçado do Mundo
Agência: e21 Agência de Multicomunicação
Diretor de Planejamento: Luciano Vignoli
Gerente de Criação: Lucas Araújo
Direção de Arte: Rafael Dallegrave, Daniel Ramos
Redação: Piero Barcellos, Rossana Picinini
Produção Eletrônica: Silvia Mayer
Atendimento: Patricia Pouzada, Tailise Perusso
Mídia: Priscila Abreu, Daniela Vargas, Larissa Bittencourt, Amanda Garcia
Planejamento: Alexandre Laybauer, Carolina Porcher
Direção de Vídeo: Carlos Kulpa
Produção de Cenas: Estúdio Haluz
Pós-produção e Animação 3D: Vértice Finalização
Modelos 3D: Miagui Imagevertising

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), por meio do presidente do Conselho Deliberativo da entidade, Rosnei da Silva, esteve presente ontem (18) na segunda edição do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Vale do Sinos. Promovido pelo Grupo Sinos, no Teatro da Feevale, em Novo Hamburgo/RS, o encontro trouxe nomes como o prefeito de São Paulo, João Dória Júnior,e do comentarista econômico da GloboNews, Samy Dana. 

Na abertura do evento, o superintendente de Negócios do Grupo Sinos, Marcus Klein, ressaltou o objetivo do encontro, que é de auxiliar os empresários a pensarem o futuro dos seus negócios para 2018, por meio do exemplo de especialistas na área. “Aqui, todos estão em convergência quanto ao otimismo para o futuro”, disse. 

A segunda intervenção foi do comentarista econômico Samy Dana. Professor e economista, ele disse acreditar que o Brasil passa “por um ponto de virada” na economia, mas que a recuperação será gradual. “Gostaria de dizer que não, mas os efeitos de uma recuperação plena só serão sentidos em 2019, embora já possamos perceber reações positivas na economia”, comentou, citando o avanço tímido no PIB para 2017, que segundo ele deve fica na casa de 0,3% a 0,5%, muito superior, porém, a queda verificada em 2016 (de -3,6%). “Infelizmente, temos um governo que, assim como o anterior, perdeu muito da capacidade de governar. Conseguimos avançar com a Reforma Trabalhista, que foi desidratada, e a Previdenciária ainda não saiu”, lamentou. 

Dana ressaltou, ainda, que problemas estruturais fazem do Brasil um país pouco competitivo. “Aqui, um trabalhador custa 1,6 a 2,2 mais do que o seu salário. Temos uma alta carga tributária e uma infraestrutura pouco eficiente, o que nos coloca no a 123ª posição no ranking de negócios mundial”, acrescentou, ressaltando que a educação também é um problema de competitividade, pois o brasileiro médio não está preparado para o mercado de trabalho. 

Por outro lado, Dana listou oportunidades que fazem do Brasil uma potência. “Temos um país jovem, em que 50% da população tem até 30 anos, um povo curioso, ávido por novidades, o que faz com que os gringos tenham fome de Brasil”, disse, acrescentando que, mesmo em crise, o Brasil recebeu US$ 78,9 bilhões em investimentos estrangeiros no ano passado. “O meu recado para o empresário é que ele não tenha medo de investir, que ele inove no seu produto. Hoje, das 10 maiores empresas do mundo sete são de tecnologia, altamente inovadoras. É preciso fugir da concorrência no preço, na qual os chineses, por uma série de questões, são imbatíveis. É preciso criar uma percepção de marca, uma experiência positiva para o consumidor”, concluiu. 

O prefeito de São Paulo João Dória Júnior foi o segundo palestrante. Contando um pouco da sua história de vida, o gestor público se disse um não político. “Eu estou político, mas sou um gestor. Acredito que existem soluções simples que podem ser atacadas com uma boa gestão, especialmente se em parceria com a iniciativa privada”, comentou, lembrando exemplos de seus primeiros oito meses à frente da prefeitura da cidade mais populosa da América Latina. 

Lição de casa
O evento fechou com um painel de debatedores, que envolveu a diretora-presidente do Badesul, Susana Kakuta – como mediadora -, o presidente do Conselho Deliberativo da Abicalçados, Rosnei da Silva, e o vice-presidente de negócios corporativos da Icatu Seguros, César Saut. 

Na oportunidade, o dirigente da Abicalçados, que também é diretor financeiro da Bibi, destacou a história de mais de 100 anos do setor calçadista nacional. “Já passamos por duas guerras mundiais, por regime militar, por impeachments de presidentes e sempre seguimos produzindo calçados, desenvolvendo regiões e gerando renda para famílias que educaram seus filhos com essa atividade”, comentou. Segundo ele, mesmo com todos os problemas de competitividade, desaquecimento no consumo interno, o setor calçadista segue sendo fundamental para a economia brasileira, tendo produzido mais de 950 milhões de pares e gerado mais de R$ 21 bilhões no ano passado. “Hoje estamos exportando, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), para mais de 150 países, gerando 300 mil empregos diretos”, acrescentou. 

Silva se disse, ainda, otimista para o futuro, especialmente a partir de 2016. “Hoje li que especialistas que esperavam a recuperação do consumo das famílias para 2020/2021 já estão falando nisso para 2019”, destacou. E para aproveitar esse momento, continua Silva, é preciso inovação e muito trabalho. “Os próximos anos serão de transpiração e inovação, nós precisamos, mais do que depender dos governos, fazer a nossa lição de casa, aumentando a produtividade e a inovação nos nossos produtos”, concluiu o dirigente. 

Já o vice-presidente de Negócios Corporativos da Icatu Seguros, Cesar Saut, destacou que o Brasil tem metade do PIB da Alemanha, mesmo contendo mais riquezas naturais e uma população com 120 milhões a mais de habitantes. “A verdade é que precisamos ser mais eficientes, fazer as reformas necessárias para o desenvolvimento”, comentou. 

A segunda edição do Fórum de Desenvolvimento Econômico teve patrocínio master da Merkator Feiras e Eventos. O patrocínio foi da Icatu Seguros e Badesul. Apoio foi da Abicalçados, Dataek Contabilidade, Tintas Killing, Bibi, Seguros Valderez, Opus, MRV Engenharia, Sicredi e Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvrs). 

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) está inscrevendo empresas fornecedoras de serviços de web design, e-commerce e branding/comunicação digital que queiram participar da rodada de negócios com calçadistas FF Exchange. As inscrições se encerram no dia 29/09 via site - http://bit.ly/2f8CfHP - e o investimento é de R$ 55 por fornecedor. A rodada de negócios acontecerá no próximo dia 3 de outubro, durante a Semana do Calçado, na sede do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçados e Artefato (IBTeC), em Novo Hamburgo/RS.

A analista de Inovação da Abicalçados, Patrícia Ott, explica que o FF Exchange é uma rodada de negócios entre fornecedores de serviços ligados à tecnologia e inovação e empresas de calçados no modelo speed dating, no qual cada prestador de serviço tem cerca de três minutos para apresentar os seus trabalhos em esquema de rodízio.  “A rodada de Novo Hamburgo será a quinta neste modelo, que tem trazido excelentes resultados não somente em negócios, mas de networkingentre participantes”, avalia. 

Segundo Patrícia, muitas empresas que participam ainda não têm serviços ligados à tecnologia estruturados, tendo em eventos como o FF Exchange uma primeira oportunidade de conhecer trabalhos tão fundamentais para a competitividade no mercado contemporâneo. Desde a primeira edição, realizada em outubro passado, já passaram pelo projeto 41 empresas de calçados e 62 fornecedores. 

Future Footwear
O FF Exchange é uma ação realizada no âmbito do programa Future Footwear, lançado em agosto do ano passado. A iniciativa é um guarda-chuva de ações que tem o intuito de estabelecer uma revolução no setor coureiro-calçadista brasileiro por meio do fomento e discussão de novos modelos de negócios, novos processos produtivos e inovação tecnológica para a confecção de produtos diferenciados. O programa é conduzido pela Abicalçados, Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para Couros, Calçados e Afins (Abrameq), com o apoio do Instituto By Brasil (IBB), IBTeC e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).  

Semana do Calçado
O FF Exchange faz parte da programação da Semana do Calçado, uma iniciativa do IBTeC e Sebrae apoiada por entidades setoriais, entre elas a Abicalçados. Entre os dias 1º e 5 de outubros, na sede do IBTeC, serão realizadas ações de desenvolvimento e capacitação por meio de um esforço conjunto das entidades governamentais, entidades de classe, ICT`s, setor produtivo, cadeia de fornecimento e empresas de base tecnológica, com foco na discussão, oxigenação, geração de inovações e difusão de novas tecnologias. Confira a programação: www.semanadocalcado.com.br


Serviço
FF Exchange Novo Hamburgo/RS
Data: 03/10/2017
Local: Sede do IBTeC - rua Araxá, 750, Novo Hamburgo
Horário: das 14h às 17h
Investimento (para fornecedores): R$ 55,00 (vagas limitadas)
Inscrições abertas até o dia 29/09: http://bit.ly/2f8CfHP

 

 

As entidades setoriais representantes das indústrias de calçados (Abicalçados), de componentes (Assintecal) e de couros (CICB) se uniram para a promoção de mais um evento Análise de Cenários, que nesta oportunidade ocorrerá às 18h30 do próximo dia 3 de outubro, no Locanda Hotel, em Novo Hamburgo/RS.

O evento, que será ministrado pela economista Patrícia Palermo, busca realizar uma análise do ano corrente e também projetar o – nebuloso – ano de 2018. “No próximo ano teremos uma das eleições mais incertas dos últimos tempos. Na palestra, vamos avaliar os cenários possíveis”, adianta a economista, que também falará sobre a Reforma Trabalhista e o seus efeitos no próximo ano, bem como o atraso representado pela não aprovação da Reforma da Previdência. 

Informação
Para o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, o evento é de fundamental importância para que os empresários, informados sobre os cenários possíveis, possam tomar estratégias corretas para os seus negócios.  O presidente da Assintecal, Milton Killing, vai na mesma linha. “É importante esse trabalho conjunto entre as entidades, pois apresenta de maneira simultânea o panorama atual do mercado para toda a cadeia coureiro-calçadista”, avalia.  Para José Fernando Bello, presidente-executivo do CICB, o Análise de Cenários é sempre um momento importante e objetivo para o planejamento da cadeia. 

A iniciativa tem o apoio da Abrameq (representante nacional do setor de máquinas) e do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC). As inscrições são isentas e limitadas – associados das entidades promotoras e apoiadoras têm preferência. 

Semana do Calçado
O Análise de Cenários faz parte da programação da Semana do Calçado, uma iniciativa do IBTeC e Sebrae que acontece dos dias 1º a 5 de outubro na sede do IBTeC, em Novo Hamburgo/RS. Confira a programação: www.semanadocalcado.com.br.

 


Serviço
Análise de Cenários, com a economista Patrícia Palermo
Data: 03/10/2017
Horário: das 18h30 às 20h30
Inscrições limitadas – com preferência para associados e apoiadores: http://bit.ly/2h4oSJ5
 

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem, no dia 11 de setembro, o seminário Terceirização na Indústria de Calçados: Aspectos relevantes frente às Leis 13.429/2017 e 13.467/2017. 

O evento, que será ministrado pela equipe do escritório Garcez Advogados Associados, especializados no tema, ocorrerá das 16h30 às 18h30 no auditório do Prédio Multicolor, no Campus 2 da Feevale, em Novo Hamburgo/RS. 

O objetivo do encontro é promover esclarecimentos sobre a terceirização na indústria de calçados em decorrência das recentes alterações legislativas. Segundo o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, trata-se de um evento de fundamental importância para entender as bases da atividade no setor calçadista. 

As inscrições são gratuitas e limitadas e devem ser realizadas pelo e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

O desfile de Samuel Cirnansck foi realizado no dia 31 de agosto, na sede do Mercado Livre, em Osasco. A personalidade autêntica da grife foi impressa em peças desenvolvidas exclusivamente para o fashion show e deu ainda mais energia ao movimento new romantic, que surge atualizado pelo olhar do estilista. 

Os sapatos e bolsas da grife Jorge Bischoff se mostraram em total sinergia, tanto para os looks mais despojados e casuais quanto para as produções sofisticadas, que aspiram ostentar exuberância. 

Os clássicos preto e off white deram todo o refinamento e elegância para o mood. Já o tom cabernet garantiu vibração para complementar o visual urbano. O ponto alto foi uma print de traços criativos de Cirnansck – uma brincadeira fashion com colagens que une símbolos e inspirações do estilista – conferindo nova roupagem às peças de estilo inconfundível de Bischoff.

Sandálias com meia-pata e saltos altíssimos, além de coturnos com fivelas e solados tratorados, deram um tom glam rocker em sintonia com os ares street style das criações de Cirnansck. Nas clutches e mini mochilas, aplicações arrojadas de metais e pedrarias e correntes douradas resultaram em propostas que protagonizam ousadia e poder na passarela. Um modelo de coturno de traços clássicos e identidade robusta complementaram as produções masculinas.

15 Sep 2017

 

O mundo mágico dos unicórnios invadiu recentemente as passarelas de maneira divertida e lúdica. E, no universo infantil não poderia ser diferente. Sempre atenta aos movimentos da moda, a Calçados Bibi faz agora a alegria das crianças, ao apresentar ao mercado dois tênis de luz da linha Space Wave e a Tiara inspirados nas cores e características dessa figura tão adorada pelos pequenos.

O tênis de luz é totalmente inspirado nos unicórnios, com exclusivo sistema de luz que permite molhar sem estragar, garantindo maior diversão das garotas que adoram estar na moda. O modelo também conta com uma versão mais simples, sem o sistema iluminado, somente com as estampas desses seres encantados. Já a Tiara Infantil, é outro acessório que está fazendo a cabeça das meninas, deixando-as cheia de charme e muito brilho.

A vez dos meninos 
E quem disse que estar na moda é um privilégio só de meninas? Os meninos também querem (e podem) usar e abusar de itens modernos na produção, inclusive quando o assunto é o tênis. Por isso, a Bibi acaba de lançar o tênis com luz infantil da linha Space Wave com estampa de carro, que mantém o mesmo sistema exclusivo de luz da versão feminina e que acende conforme a criança se movimenta. Os meninos poderão sair acelerando por ai, se divertindo a valer.

Todos os modelos da empresa contam com a exclusiva palmilha Fisioflex, que proporciona a sensação de andar descalço, concedendo todo o conforto, liberdade e estímulos que os pezinhos precisam para se desenvolver da forma mais natural, saudável e livre possível. Assim como monitora toda a matéria-prima, garantido materiais livres de qualquer substância tóxica.

Os produtos Bibi podem ser encontrados nos principais shoppings do País e/ou na loja virtual www.bibi.com.br

 

Para as consumidoras que estão ávidas pelas novidades da próxima estação, a marca Bebecê colocou no ar o site da temporada primavera-verão 2017/18. Superalinhada às tendências de moda, a coleção da Bebecê é jovem e contemporânea, com produtos que ganham materiais, cores e enfeites hipermodernos. Focados também na moda urbana e com tom democrático, os visuais e modelagens estão imersos nas mais novas inspirações da temporada.

Estrelada pela top model Cíntia Dicker, a campanha Be Summer abusa da criatividade, com imagens que reproduzem o mix de temas que inspira a coleção. O resultado? Um verdadeiro convite para que as consumidoras não apenas aproveitem a estação, mas que simplesmente sejam o verão.

Acesse o site bebece.com.br ou siga a Bebecê no Facebook.

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) lança a terceira edição do desafio de cocriação entre designers brasileiros do setor, a plataforma Moda Co. Em fase de inscrição para empresas interessadas em ter os seus produtos desenvolvidos pela criatividade de mais de mil designers - inscritos na plataforma desde a sua primeira edição - o projeto é realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), por meio do Brazilian Footwear. 

O gestor de Projetos da Abicalçados, Cristian Schlindwein, destaca que a Moda Co já é um sucesso entre empresas e designers brasileiros de calçados, que têm a oportunidade de, por meio da cocriação, mostrar os seus trabalhos para algumas das principais calçadistas do Brasil. Já passaram pela plataforma empresas como Bibi, Piccadilly, Pampili, Kidy, Grendene Kids  Zaxy, Werner, Perlatto, Usthemp e Plugt. “São calçados de segmentos variados, com oportunidades para todos os tipos de desafios. Nesta fase da Moda Co estamos abrindo inscrições para as empresas interessadas em lançar os seus desafios e as suas necessidades de inovação, para profissionais que estão no auge de sua criatividade”, comenta o gestor. As inscrições das empresas podem ser feitas no site www.modaco.cc

A Piccadilly, empresa participante da primeira edição do evento, destaca que a experiência foi positiva. Segundo Ana Carolina Grings, diretora comercial da marca, a experiência foi muito positiva. “Fomos surpreendidos com a quantidade de talentos que existem por aí”, aponta. Segundo ela, a qualidade das propostas dificultou a escolha por parte da empresa. “Foi até difícil a escolha pela qualidade do trabalho e nível de detalhamento técnico em alguns casos”, ressalta, acrescentando que os produtos propostos eram muito aderentes ao mercado.

Como funciona
A plataforma Moda Co é a pioneira no setor calçadista nacional e tem como objetivo gerar inovação por meio da cocriação, pois também oferece uma interação entre empresas e designers inscritos. “Além das empresas selecionarem as melhores respostas para os seus briefings, os próprios designers votam nos projetos que mais agradaram, gerando um espaço democrático e de crescimento para os participantes”, avalia Schlindwein. 

As empresas que se inscreverem devem enviar os desafios até o dia 6 de outubro. A premiação para os melhores trabalhos escolhidos pela empresa proponente será de R$ 1,8 mil. Já os melhores trabalhos selecionados pela própria comunidade de designers receberão R$ 700. 
 
Após inscreverem-se na plataforma www.moda.cc, as empresas poderão lançar os seus desafios para a comunidade de designers, apontando as necessidades do produto desejado. Mais informações e inscrições pelo e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou telefone 51 3594 7011.

Sobre o Brazilian Footwear:
Brazilian Footwear é um programa de incentivo às exportações desenvolvido pela Abicalçados em parceria com a Apex-Brasil. Este programa tem por objetivo aumentar as exportações de marcas brasileiras de calçados através de ações de desenvolvimento, promoção comercial e de imagem voltadas ao mercado internacional. Conheça: www.brazilianfootwear.com.br www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear

Sobre a Apex-Brasil:
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.
Conheça: www.apexbrasil.com.br

Serviço
O que é?
Plataforma pioneira de cocriação do setor calçadista, totalmente on-line.

Como inscrever minha empresa? 
Acesse o site www.modaco.cc e inscreva o desafio. A empresa tem até o dia 6/10 para enviar os desafios, sendo que nesta fase terá o auxílio da Abicalçados. 

Quando serão liberados os desafios?
Os briefings das empresas serão liberados para os designers no dia 17/10 e poderão ser respondidos até o dia 16/11.

Quais as premiações?
O regulamento prevê duas premiações por marca participante, uma de R$ 1.800, para o trabalho escolhido pela empresa; e outra de R$ 700, para o trabalho eleito pela própria comunidade de designers. Ou seja, para cada marca, será distribuído o valor de R$ 2.500. 

Quando serão conhecidos os vencedores?
No dia 12/12. 

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem, no próximo dia 11 de setembro, o seminário Terceirização na Indústria de Calçados: Aspectos relevantes frente às Leis 13.429/2017 e 13.467/2017. O evento, que será ministrado pela equipe do escritório Garcez Advogados Associados, especializados no tema, ocorrerá das 16h30 às 18h30 no auditório do Prédio Multicolor, no Campus 2 da Feevale, em Novo Hamburgo/RS. 

O objetivo do encontro é promover esclarecimentos sobre a terceirização na indústria de calçados em decorrência das recentes alterações legislativas. Segundo o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, trata-se de um evento de fundamental importância para entender as bases da atividade no setor calçadista. 

Page 7 of 48

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não