Publicidade

 

Publicidade
 

Peças levam símbolo de coração, inspiradas nas clássicas camisas "I love NY"

A Valentino desenvolveu recentemente uma coleção-cápsula masculina e feminina de looks predominantemente brancos com apenas um detalhe que se destaca: o coração vermelho. A ideia lembra as camisas I ♥ NY, não é mesmo?

A novidade desenvolvida pelos diretores criativos Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli é comercializada exclusivamente na "cidade que nunca dorme", entretanto, para nossa felicidade algumas peças devem chegar em solo brasileiro em maio de 2015!

São casacos, shorts, suéteres, jaquetas, calçados, bolsas, vestidos, acessórios e até mesmo enfeite natalino para árvore, vale lembrar que faltam 9 dias para o Natal (sim, nos estamos fazendo contagem regressiva!).

O intuito dessa coleção-cápsula é celebrar a abertura da mais recentem loja da grife, na quinta avenida em Nova Iorque.

Veja as últimas criações de Valentino em nossa galeria de Desfiles* e confira imagens e descrição de detalhes das últimas apresentações durante a Semana de Moda de Paris. 

Fotos: Divulgação

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Published in Noticias

 

 

 

Prazo para implantação será contado a partir da publicação do manual de orientação definitivo

Em maio deste ano, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha (ACI-NH/CB/EV), juntamente com a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), encaminhou carta aos ministros Manoel Dias, do Trabalho e Emprego, Guido Mantega, da Fazenda, e Garibaldi Alves Filho, da Previdência Social, pleiteando a prorrogação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - eSocial - para a data de 1º de julho de 2015.

Na avaliação das duas entidades, o pedido ocorreu em função dos registros diários de dificuldades das empresas associadas para a implantação do eSocial, considerando a data obrigatória de adesão ao sistema de 1º de outubro. O eSocial promete a integração dos fiscos nas três esferas de Governo e por ser considerado extremamente complexo pela ACI e Abicalçados, no que tange a operacionalidade, ajustes internos e aplicação técnica no âmbito das empresas, a reivindicação assinada pelo presidente da ACI, Marcelo Clark Alves, e pelo presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, foi encaminhada.

MTE 

No retorno recebido segunda-feira (18), a carta encaminhada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, e assinada pelo chefe de Gabinete, André Menegotto, ressalta que o Ministério tem ciência de que o sistema representa uma mudança significativa e favorável à gestão das empresas e que o prazo para implantação será contado a partir da publicação do manual de orientação definitivo, material fundamental para o início do processo de adaptação das empresas. "Passados seis meses da divulgação, as empresas começarão a inserir os eventos iniciais em um ambiente de testes. Decorridos mais 180 dias de testes, entrará em vigor a obrigatoriedade para o primeiro grupo de empregadores, formado por empresas de grande e médio porte", anunciou o chefe de Gabinete. O cronograma de ingresso no sistema para micro e pequenas empresa está sendo elaborado em conjunto com as entidades representativas desses segmentos.

No documento encaminhado em maio pela ACI e Abicalçados, as entidades reforçaram que a principal demanda de uma solução para as empresas é a da ferramenta de software oficial que será aplicada ao modelo do eSocial e até a data não havia a possibilidade de treinamento dos funcionários com foco num modelo de treinamento definitivo. "Em razão desse fato, nossas empresas têm se empenhado nos esforços especulativos e certamente diversos do que será proposto pelo Governo Federal em caráter oficial. É notória a falta de prazo adequado para uma preparação dos quadros técnicos das empresas com os devidos testes para revisão, indagação e aprimoramento dos processos para a correção de eventuais falhas no sistema oficial a ser proposto", enfatizaram o presidente da ACI, Marcelo Clark Alves, e o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein.

 

Fonte: De Zotti - Assessoria de Imprensa

 

 

 

Published in Acontece

Farfetch desenvolveu projeto Destination Brazil, que conta com a participação de 16 marcas 

Com o intuito de apoiar e incentivar empresas criativas no mercado, o e-commerce de moda Farfetch lançou o projeto Destination Brazil. A ação leva 16 grifes brasileiras para mais de 140 países, por meio de sua plataforma global de vendas. A iniciativa conta com a participação das marcas Andrea Marques, Blue Man, Brigitte, Cris Barros, Emannuelle Junqueira, Fernanda Yamamoto, Giuliana Romanno, Juliana Jabour, Lenny Niemeyer, Martha Medeiros, Mixed, Osklen, Patrícia Viera, Uma, Vitorino Campos e Zapalla que já estão disponíveis para compra no site. 

O Destination Brazil complementa a estrutura do portal, que oferece apoio a novos talentos e disponibiliza produtos em mais de 300 lojas, 140 países, 1500 marcas e contou com investimento de 20 milhões de dólares do Grupo Condé Nast. A Farfetch já comercializa localmente 90 marcas brasileiras, e essa é a primeira vez que expande para o mercado internacional. "O Brasil é um país que cria uma moda singular. Muitos segmentos do mercado estão vindo para aproveitar as oportunidades que ele oferece. Nós enxergamos esse movimento como uma via de mão dupla e entendemos que o Brasil tem seu espaço a ocupar internacionalmente. O público quer ter essa moda criativa e jovem à disposição", declarou José Neves, CEO e fundador da Farfetch. Para promover o projeto, a Farfetch produziu dois editoriais de moda com peças dessas marcas, um fotografado no Brasil e outro na Inglaterra.

Fotos: Robert Astley-Sparke e Thomas Giddings/Divulgação

Fonte: Usefashion.com

Published in Noticias

 

 

 

Algumas lojas já oferecem modelos da próxima estação.

Aumento nas vendas confirma a paixão das mulheres por sapatos. 

O calor ainda não foi embora, mas as vitrines de calçados de Jaú (SP) já estão repletas de novidades que vão marcar a próxima estação. Só em uma das fábricas da cidade são produzidos 800 pares de sapatos por dia,  24 mil por mês e as máquinas não param um minuto.Por isso,  fazem de Jaú a cidade do calçado feminino. 

Muitos tecidos, estampas, veludo, couro e até pelo de animais estão entre as tendências deste ano. Para atender a demanda e satisfazer o gosto de todos os clientes,  em uma das fábricas de Jaú, a produção de calçados para a nova estação segue em ritmo acelerado. "Nós estamos com mais velocidade na produção porque o mercado pede isso. O ideal seria mais tempo, mas como o mercado está mais agressivo e pede em menor tempo, nós temos que acompanhar esta evolução", declara o gerente Clóvis Ferraz.

Ainda segundo o gerente da indústria, a previsão é de que nos próximos meses a produção aumente. E se depender do preço, o objetivo será atingido. O que deve agradar também os lojistas e compradores. "Está interessante, os preços estão bons pelo o que eu tenho observado, dá vontade de comprar já", afirma a lojista Delmi Gemi.

Nas lojas o consumidor já encontra sapatos de outono e inverno. E eles não devem cobrir os pés das mulheres. Entre as novidades, estão modelos bem abertos. Bom principalmente para quem mora em uma região como o Centro-Oeste Paulista, onde a temperatura é maior até mesmo na estação mais fria do ano.

As botas estão com o cano mais curto e bico fino e os scarpins vieram com recortes. Se depender do setor, o inverno terá cores quentes e variadas. O verniz também vai marcar a próxima estação e pequenos detalhes poderão fazer toda diferença. Em ano de Copa do Mundo no Brasil, até as torcedoras terão novas opções.

“Tem as estampas de onça e zebra, que continuam, o verniz que veio com tudo e também a tendência da renda, que é uma novidade da próxima estação e já temos bastante produtos com essa tendência na loja”, explica a lojista Camila Bianco Rossati - Loucas por sapato.

Uma pesquisa feita por uma agência de propaganda entrevistou 400 mulheres e mostrou que a relação delas com os calçados vai além do consumismo. O levantamento aponta que 44% das consumidoras disseram que compram porque simplesmente amam sapatos.

Já 66% delas afirmaram ainda que a melhor forma de escolhê-los é pela vitrine. E não para por aí: 39% pagam mais de R$ 190 pelo par.

Fonte: g1.globo.com

 

 

 

Published in Acontece

 

 

 

No último domingo, 2, aconteceu a festa de lançamento da nova novela das 21 horas da Rede Globo, Em Família. O elenco e convidados compareceram ao evento com looks dignos de um red carpet. Entre as famosas, Bruna Marquezine, que viverá Helena na segunda fase da trama, chamou a atenção com um modelo Dolce & Gabbana. A peça em comprimento mídi tem estampa floral com maxilaço marcando a cintura, revelando sofisticação e feminilidade ao visual. Além disso, para finalizar o look elegante e chique, optou por scarpin da marca Christian Louboutin, clutch da Louis Vuitton e brincos do designer Ara Vartanian, em ouro branco e com ametistas, rubis e diamantes cravejados. A cantora Sandy, grávida de seu primeiro filho, optou pela vestido curto bordado, repleto de brilho. Para não pesar no visual, o make suave e acessórios neutros. Já a cantora e atriz Manu Gavassi investiu no hit das últimas temporadas, o top cropped em tonalidade clara. Atenção para os detalhes de correntes no colo e ombros, dando um toque moderno à produção básica.

Os longos com fendas também se destacaram no evento. Solange Soares, que viverá Mafalda na novela, escolheu um vestido nude repleto de bordados usado com uma clutch no mesmo tom. A atriz Maria Eduarda, a Vanessa de Em Família, optou por uma peça em tonalidade vibrante feita em tecido fluído, apostando em um cinto para marcar a cintura. Por outro lado, Giovanna Antonelli investiu no P&B em sua produção, que foi umas das preferidas no evento. Atenção à transparência no colo, que reforçou delicadeza ao visual.

A elegância das atrizes no lançamento foi evidenciada pelos vestidos longos, que foram as principais apostas do evento. Julia Lemmertz, que será a Helena na terceira fase da trama, mostrou toda a sofisticação através da blusa com detalhes no colo e saia longa em tom escuro. Helena Ranaldi, que interpreta Verônica, escolheu um vestido em azul-claro com uma manga e drapeados na região da cintura, ressaltando leveza no visual. Já o preto e a transparência foi a aposta de Agatha Moreira, que viverá a rebelde Gisele na trama. Para não pesar na produção, optou por coque e make suave.

Por fim, entre os longos que chamaram a atenção no lançamento estavam os modelos com recortes no colo. Tainá Muller, a Marina da novela, Alice Wegmann, que viverá sua primeira vilã, Shirley, na segunda fase da novela, e a atriz Bianca Rinaldi, que recentemente assinou contrato com a Globo e interpretará a médica Sílvia, investiram em cores neutras, porém com brilho, ou em detalhes ou na peça inteira.

 

Fotos: AgNews

Fonte: Usefaschion

 

 

 

Published in Noticias

 

 

 

Depois de apresentar o uniforme oficial que a seleção brasileira irá usar na Copa do Mundo, a Nike divulgou imagens da terceira camisa. Segundo a marca, a peça é inspirada na intensa vida noturna das grandes cidades com a imensa área verde do país, rica em florestas e paisagens naturais.

Em tom verde escuro, os detalhes em amarelo no escudo e no logo da Nike brilham no escuro. Assim como na camisa titular, a terceira camisa também recebeu na parte interna da gola uma ilustração de uma mão fazendo "FIGA". Completam o uniforme, o short que tem um corte mais longo que o tradicional, com listras horizontais em azul, verde e amarelo, em referência a bandeira do Brasil; e as meias verdes. A peça não deve ser utilizada em jogos, pois o estatuto da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não permite o uso de uniformes diferentes do amarelo e azul, e azul e branco. A camisa chega às lojas de todo país a partir de 19 de fevereiro, com preço sugerido de R$ 349,90

Fotos: Divulgação

Fonte: Abicalcados

 

 

 

Published in entertainment

Na próxima segunda-feira, dia 03, ocorerrá a cerimônia de posse na presidência da Abqtic - Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro para o biênio 2014/2015. O evento será no Auditório do Centro Tecnológico do Couro - Senai de Estância Velha/RS (rua Gregório de Mattos, 111), às 20h.

Após a cerimônia de posse, será servido um coquetel na sede da ABQTIC.

Fonte: Abicalcados

 

 

 

Published in Noticias

 

 

 

Foto: Fotolia.comCom a concorrência cada vez mais acirrada, as empresas têm buscado soluções para que os consumidores retornem aos seus estabelecimentos.

Já dizia uma máxima do marketing estratégico: é mais difícil manter do que conquistar o cliente. Com a concorrência cada vez mais acirrada, as empresas têm buscado soluções para que os consumidores retornem aos seus estabelecimentos e façam uma nova compra. A tarefa não é fácil. Programas de fidelização são importantes ferramentas para se chegar a esse almejado objetivo. “A intenção de uma ação de fidelização é fazer com que o cliente queira voltar”, enfatiza o sócio-diretor da Marka Fidelização e Relacionamento (São Paulo/SP), Marcelo Cristiano Gonçalves.

Benefícios

O consultor destaca que o estímulo a uma nova compra, por meio do programa de fidelização, traz dois importantes benefícios: melhora da performance no mercado e aumento no faturamento. “Por outro lado, se não for bem desenvolvido, pode não gerar nenhum resultado, ou mesmo trazer efeitos negativos”, explica Gonçalves. No entanto, o consultor destaca que é necessário observar que fidelização e relacionamento apresentam conceitos diferentes. “Ambos ajudam as empresas de varejo a melhorar sua rentabilidade, aumentar as vendas para clientes novos ou não - reconquistando-os, se for necessário - , além de fazer com que eles considerem uma determinada empresa como opção preferencial para suas compras. É um trabalho que deve levar em conta uma análise minuciosa do negócio. O mais indicado é ter um programa de fidelização e um de relacionamento, ou um que combine ambas as ações”, orienta.

Manutenção

Segundo o especialista em Marketing e diretor da ALL Soluções em Gestão & Educação Corporativa (Belo Horizonte/MG), Frederico Mafra, a busca pela fidelização deve ser encarada pelas organizações como algo que precisa ser conquistado e mantido todos os dias, em todos os momentos em que o consumidor estiver em contato com seus produtos, serviços, pessoas ou marca. “Fidelizar é um objetivo incessante e um desafio para as empresas. Com ofertas mais diversas, tentadoras e inovadoras, a cada dia surgem novos concorrentes com produtos mais alinhados às necessidades e desejos dos consumidores, o que torna a fidelização mais difícil”, aponta. Para Mafra, um programa de fidelização está diretamente relacionado ao atendimento (pré-venda, venda e pós-venda), à prestação de serviços adicionais e à construção da empatia entre a empresa e seu público-alvo. “É preciso aprender a escutar e entender o cliente, e trabalhar com foco no longo prazo, atendendo suas necessidades quase que em um nível customizado”, complementa.

Pesquisa comprova a importância do tema

A pesquisa Marketing Trends Survey, conduzida pela StrongView, aponta que 93% dos executivos norte-americanos da área de Marketing pretendem aumentar investimentos, em 2014, em ações voltadas a potencializar o envolvimento do cliente com as marcas. Na prática, devem investir pesado em ações de fidelização. Em 2013, a pesquisa apontou um interesse similar entre 89% dos entrevistados. As ações vão de e-mail marketing (52% de intenção) a investimentos em mídias sociais (46%), pesquisas (41%), exibição da marca na internet e marketing móvel (36%). Um outro dado relevante é que 59% dos executivos planejam integrar o e-mail marketing a ações nas mídias sociais – sendo que 55% dos entrevistados apontam o Facebook como o canal mais valioso para essa iniciativa contra 18% do LinkedIn; 10% do Twitter; e 5% se dividem entre Pinterest, Google+ e Instagram.

O caminho...

-  Conhecer bem o cliente: uma empresa precisa identificar seus clientes para implementar ações de fidelização que surtam efeitos positivos. “É preciso amarrar a compra à pessoa”, explica o sócio-diretor da Marka Fidelização e Relacionamento, Marcelo Cristiano Gonçalves. Para isso, é preciso treinar a equipe para captar as informações e abordar o cliente da melhor maneira, para que ele forneça dados como e-mail e endereço, entre outros;

- Saber usar as informações geradas pelo programa: “Um cartão ou um software de fidelidade são apenas ferramentas para as ações de fidelização”, alerta o especialista, que explica que é preciso ter uma estratégia de uso dos dados coletados e investir no treinamento da equipe;

- Entender que o programa de fidelidade é para a vida toda de uma empresa: “Não pode ser confundido com uma promoção”, diz Gonçalves. “Ele precisa ser perene e autossustentável”, completa;

- Dar importância ao prêmio: é preciso escolher um prêmio que, além de agradar ao cliente, seja ideal para a empresa de acordo com os lucros que ela obtém. “O prêmio tem que ser atrativo para o cliente, não pode ser algo que não interesse a ele”, sintetiza Gonçalves;

- Fomentar a adesão: é preciso que muitos clientes participem do programa de fidelização para garantir a continuidade dele. “Mais de 80% dos consumidores têm que participar para que um programa de fidelização resulte em aumento de vendas, de tíquete médio ou de faturamento”, esclarece o consultor;

- Personalizar as ações: é o segredo quando o assunto é programa de fidelização. “É preciso oferecer um produto específico para cada consumidor, até para que ele se sinta exclusivo”, diz Gonçalves. Segundo ele, ações direcionadas dão um retorno maior do que ações massificadas, iguais para todos os clientes. Por isso, é fundamental conhecer os hábitos de compra de cada cliente. “Ao oferecer o produto certo para a pessoa certa, a chance de compra aumenta e o cliente sente-se especial”, afirma Gonçalves.

Fonte: Exclusivo

 

 

 

Published in Acontece

Foto: Fotolia.comEssa é a terceira queda consecutiva.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 1,7% de janeiro para fevereiro deste ano. Essa é a terceira queda consecutiva. O índice, que chegou a 107,1 pontos, manteve-se abaixo da média histórica pelo décimo segundo mês consecutivo e atingiu o menor nível desde maio de 2009 (103,6 pontos).

A piora foi provocada, principalmente, pela menor confiança em relação ao momento presente, medido pelo Subíndice da Situação Atual, que recuou 2,9%. Entre os fatores que levaram à queda está um menor grau de satisfação dos consumidores em relação à situação econômica. A proporção de consumidores que avaliam a situação como ruim subiu de 35,7% para 41%.

O otimismo em relação ao futuro, medido pelo subíndice de Expectativas, caiu 1%. A parcela de consumidores que projeta melhora da economia nos próximos meses diminuiu de 26,5% para 26%, enquanto aqueles que preveem piora aumentaram de 23,1% para 26,5%.

Fonte: Exclusivo

 

Published in Acontece

 Foto: DivulgaçãoCriada no dia 29 de setembro de 1989, a empresa apresentará a campanha comemorativa à data na feira Couromoda.

Junto ao início de 2014 começam as celebrações de 25 anos da Calçados Pegada (Dois Irmãos/RS). Criada no dia 29 de setembro de 1989, a empresa apresentará a campanha comemorativa à data na feira Couromoda, que ocorre de 13 a 16 de janeiro, no Parque Anhembi, em São Paulo/SP.

No evento, lojistas de todo o Brasil conhecerão o comercial televisivo da coleção outono-inverno 2014, além das peças de divulgação dos produtos, que pelo terceiro ano consecutivo, têm a apresentadora Renata Fan como estrela. A publicidade foi idealizada e dirigida pela Protarget Comunicação e Marketing (Novo Hamburgo/RS).

 

Fonte: EXCLUSIVO.COM.BR

 

 

Published in Noticias
Page 1 of 2

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não