Publicidade

 

Publicidade
 

Items filtered by date: October 2016

Entre os dias 3 e 4 de novembro acontece, no Centro Universitário Belas Artes, a 4ª edição do Fashion Meeting. O evento apresenta debates sobre comunicação de moda, mercado masculino, beleza, imagem e olhar criativo. Nomes como Gloria Coelho, Vitor Zerbinato, Patricia Bonaldi, Fernanda Yamamoto, Renan Serrano e Waldemar Iódice participam das palestras.

Vitor Zerbinato é o homenageado desta edição na mesa “Trajetórias”, que destaca o trabalho de um estilista em um bate-papo com um jornalista especializado. Daniela Falcão, diretora-geral da Globo Condé Nast, conversa com o designer. A estilista Patrícia Bonaldi também participa da mesa e mostrará em um desfile as peças mais importantes das suas últimas coleções. Para encerrar o evento, os alunos do curso de Design de Moda da Universidade ORT, do Uruguai, apresentam suas criações .

A inscrição custa R$ 400 e deve ser feita pelo site do evento, onde também é possível encontrar a programação completa.

Published in Noticias

Olá leitora, tudo bem?

Como vocês viram nas minhas redes sociais finalmente criei coragem e fiz minha primeira tattoo. Escolhi a Monkey’s Tattoo e Piercing,  que fica em Jaú-SP, que conta com profissionais qualificados e especializados como a tatuadora Jakeline, quem fez a minha tattoo.

Há muitos anos que eu tinha essa vontade, mas sempre tive um certo “medinho” de fazer algo e me arrepender depois. Afinal, uma tatuagem é pra vida toda né?!

Tinha que ser algo muito especial pra mim e que tenha marcado minha vida. Então, fiz essa coroa, que é o meu logo. Uma releitura da minha coroa do Miss São Paulo, criada pela minha agência @RaizBold.

Published in Noticias

Minimalismo e originalidade envolvem todo o luxo da coleção Verofatto para o verão 2017. E para acompanhar toda essa conjuntura glamourosa, que envolve bolsas, cintos e calçados, a grife aposta numa das cores clássicas do verão. O vermelho propõe toda a vivacidade que chega com o calor, e para esta temporada se coloca nas passarelas como a cor mais quente. Entre anabelas, rasteiras, sandálias, sapatilhas, a cor rubra ganha força, e traz opções para compor looks magníficos, desde aquelas que adoram o clássico, ou mesmo para quem prefere ousar na criação de visuais despojados. Assim é a Verofatto, sofisticação e estilo pensados especialmente para mulheres modernas e de bem com a vida.

 

Published in Noticias

O Locanda Hotel, em Novo Hamburgo/RS, foi palco para mais uma edição do evento Análise de Cenários. Promovido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), o evento foi conduzido pelo economisa Marcos Lélis durante a noite de 13 de outubro.

Na oportunidade, o economista ressaltou que o ciclo de baixo crescimento da economia mundial teve inicio com a desaceleração da China a partir de 2010 e, consequentemente, a menor demanda por commodities. “Os ajustes que estão sendo discutidos agora deveriam ter começado há muito tempo, antes da desvalorização brusca dos produtos básicos. Quando a crise da China finalmente chegou ao Brasil, em 2014, pegou um país com as contas todas desorganizadas”, apontou.

Segundo ele, a economia mundial ensaia uma estabilização, com a China tendo encontrado o ponto de equilíbrio na sua taxa de crescimento, na casa de 6%. “No Brasil, existe uma questão política e econômica. Primeiramente, é preciso que a demanda interna volte, o que será impossível com uma taxa de juros real que está entre as mais altas do mundo”, comentou. Para o economista, o Brasil caiu na armadilha do câmbio baixo e dos juros elevados como forma de conter a inflação . “A nossa inflação não é de demanda, então isso perde o sentido. Estamos fazendo com que a saída, que se dá pelo aumento das demanda interna, caia ainda mais, sem créditos e com juros elevadíssimos”, ressaltou. Para Lélis, a saída seria flexibilizar a meta da inflação, abrindo espaço para uma taxa de juros menor, possibilitando o aumento da demanda.

O evento Análise de Cenários teve o apoio da Associação Brasileira das Indústrias de Artefatos de Couro e Artigos de Viagem (Abiacav), Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq) e Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC).

Published in Noticias

Olá, leitora!

O primeiro post de ‘Beleza & Moda’ é sobre o meu novo visual, que você já deve ter notado nesses últimos dias né?

Há algum tempo estava pensando em mudar o meu cabelo, voltar à cor natural e modernizar o meu visual. Procurei a ajuda do profissional querido Edu Oliveira, que cuida da coloração e do corte do meu cabelo há um bom tempo.

Adoro me reinventar e nessa nova fase essa decisão foi muito importante.

Eu simplesmente AMEI! Espero que tenha curtido e aprovado.

Published in entertainment

A Loucos & Santos aposta na cortiça em uma releitura atualizada para o verão 2017. Passando longe do tradicional, ela recebe a aplicação da tela no estilo arrastão. O resultado é uma combinação harmônica do sensual com a vibe natural da cortiça. 

Para arrasar nas produções e destacar os sapatos e bolsas no dia a dia, a pedida é se jogar em looks neutros, como jeans e camisa. Já quem prefere arriscar em algo mais ousado, vale combinar com um vestido ou um blazer colorido.

As peças fazem parte da Coleção Enjoy - Spring/Summer 2017 Loucos & Santos e podem ser encontradas nas lojas da rede.

Published in Acontece

A tradicional Semana da Indústria de Birigui será realizada de 22 a 27 de outubro com uma série de atrações. A programação começará com o jantar de confraternização e a homenagem às empresas associadas ao Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário (Sinbi), no dia 22. Serão agraciadas as empresas que completaram 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45 e 50 anos. A Semana da Indústria conta com o patrocínio de Couromoda, Francal Feiras, Patrus Transportes e Banco do Brasil.

No dia 25, às 19h30min, na abertura oficial, haverá o lançamento oficial do Projeto Ímpar – um passo para o futuro. Os representantes do Sinbi explicarão os objetivos e desafios do projeto, como contribuir e receber doações, além de apresentar vídeos com depoimentos de atletas de São José do Rio Preto.

Após, acontecerá a palestra “Comunicação na web e a entrega de conteúdo para o consumidor digital”, com o diretor criativo da iSimples, especialista em comunicação digital, Ricardo Storti. O evento conta com a parceria da Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi).

“Love marks: como construir marcas queridas que conquistam os corações dos consumidores” é o tema da palestra do dia 26, às 19h30min. O professor de marketing, branding e coordenador dos programas de mercado da pós-graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM - Sul), Artur Vasconcellos, explicará como algumas marcas vêm criando vínculos afetivos como base de posicionamento. Esta palestra tem a parceria da Associação Brasileira das indústrias de Calçados (Abicalçados) e o apoio da ESPM.

Dupla programação 

No dia 27, serão realizadas duas atividades. Das 8h às 12h, haverá uma sessão de negócios com empresas do setor de componentes e fabricantes de moda. O Sinbi já realizou uma sessão semelhante no primeiro semestre, porém é a primeira vez que ela acontecerá durante a Semana da Indústria. O objetivo é gerar interatividade entre fornecedores e indústrias de calçados, vestuário e acessórios. Os atendimentos serão pré-agendados e a participação é gratuita para fabricantes visitantes. O cadastro deve ser feito com antecedência. A sessão conta com a parceria da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e o apoio do Sebrae-SP.

Para encerrar a programação, às 19h30min, haverá a “Conexão Inspiramais”, com informações antecipadas para as coleções do verão 2018. O evento também tem a parceria da Assintecal.

Sensibilização com ações socioambientais 

Durante a Semana da Indústria, também serão realizadas campanhas de conscientização de empresários participantes, parceiros e comunidade em geral sobre a utilização de biocombustível e seus benefícios. As ações ocorrerão por meio de campanha de e-mail marketing, divulgações nas redes sociais, mensagem por celular e antes das palestras.

A mobilização faz parte do projeto Ecosinbi, desenvolvido pelo sindicato para compartilhar informações e conhecimentos sobre práticas sustentáveis, além de ações educativas. Por isso, a Semana da Indústria é um evento carbono zero, ou seja, todos os dias os participantes receberão uma ficha, na qual poderão inserir o tipo de veículo, combustível e quilometragem utilizada para se deslocar até o Sinbi.

“O intuito dessas ações vem ao encontro da necessidade de adotarmos cada vez mais práticas sustentáveis, sejam nas empresas ou em nossas casas. O sindicato busca, por meio das ações e atividades do Ecosinbi, incentivar a todos a refletir sobre a possibilidade de o desenvolvimento andar ao lado de sustentabilidade”, diz o presidente do Sinbi, Carlos Mestriner.

No término da semana, os dados serão contabilizados, e o resultado indicará quantas árvores serão necessárias para neutralizar o carbono emitido. Na prática, após a soma, haverá plantio e reposição de mudas de árvores naárea mantida pelo projeto e seus parceiros. No ano passado, 240 mudas de árvores nativas, frutíferas e ornamentais foram plantadas. Com a ação, a reposição total do espaço foi concluída e atualmente a área verde possui 1.063 árvores.

 Solidariedade

Também haverá uma ação de cunho social durante o evento, em parceria com o Instituto Pró-Criança, braço social do Sinbi. Antes de cada palestra, os participantes poderão contribuir solidariamente levando brinquedos educativos/pedagógicos, que posteriormente serão doados para as crianças e famílias assistidas pela instituição. O instituto terá um espaço dentro do salão de eventos do Sinbi para receber as doações.

Published in Noticias

 

 

 


Future Footwear promove ações na Semana do CalçadoFuture Footwear promove ações na Semana do CalçadoFuture Footwear promove ações na Semana do Calçado

Duas ações do programa Future Footwear, lançado em agosto, farão parte da Semana do Calçado, que acontece entre os dias 17 e 20 de outubro, em Novo Hamburgo/RS. Na programação estão previstas o FF Exchange, uma rodada de negócios entre empresas do setor coureiro-calçadista e fornecedores de tecnologia e gestão, e o FF Meeting, um encontro com o objetivo de aproximar entidades setoriais de tecnologia e indústria calçadista.

Marcado para acontecer das 14h às 17h do dia 18, na sede do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC), em Novo Hamburgo, o FF Exchange é uma rodada de negócios tipo “speed dating” entre empresas âncoras associadas às entidades realizadoras e fornecedores de soluções em Tecnologia da Informação e Consultoria em Gestão. Estão confirmadas como âncoras as empresas Arezzo/Schutz, Sugar Shoes, Grupo Priority (West Coast/Cravo e Canela), Bibi, Terra & Água, Axi Ambiental, NBN Automação Industrial, Mecsul Máquinas e Equipamentos, BKS Indústria e Comércio de Máquinas, Soubach Special Leathers, Courovale, Couros Bom Retiro, Orisol e Dublauto. Segundo a gestora de Projetos da Abicalçados, Roberta Ramos, o objetivo da rodada é aproximar as soluções tecnológicas e inovadoras da cadeia coureiro-calçadista. “Queremos que as empresas que hoje trabalham no setor calçadista conheçam soluções que já existem para o aumento da sua produtividade”, comenta a gestora.

Meeting

No dia 19 é a vez do FF Meeting. O encontro de entidades representativas do setor calçadista e afins acontecerá na sede da Abicalçados, também em Novo Hamburgo/RS, das 13h30 às 17h30. “O objetivo é criar o engajamento das entidades parceiras do setor e de fora dele, especialmente as representativas de setores ligados à tecnologia e inovação. A partir do conhecimento construído no evento, vamos unir forças para discutir e aplicação dos conceitos da Indústria 4.0 no setor”, adianta Roberta.

Estão confirmados no encontro, de onde deve resultar um grupo de trabalho para a inserção dos conceitos da manufatura avançada na cadeia coureiro-calçadista, além das entidades realizadoras do Future Footwear, representantes da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), da Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software (Softsul), do Trino Polo (Polo de Informática de Caxias do Sul), do Conselho de Inovação e Tecnologia (Citec/Fiergs), da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Indústria e Comércio Exterior (MDIC), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e das universidades Feevale, Unisinos, PUCRS e UCS.

Future Footwear

Lançado no último dia 24 de agosto, o Future Footwear é um guarda-chuva de ações que tem o intuito de estabelecer uma verdadeira revolução no setor coureiro-calçadista brasileiro através dos conceitos da Indústria 4.0. O programa é conduzido pela Abicalçados, Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para Couros, Calçados e Afins (Abrameq), com o apoio do Instituto By Brasil (IBB) e Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). 

Fonte: Abicalcados

 

 

 

Published in entertainment

 

 

 

Projeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistasProjeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistasProjeto Comprador deve gerar US$ 120 mil para calçadistas

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), por meio do programa Brazilian Footwear, mantido em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoveu o Projeto Comprador com o grupo Alshaya, dos Emirados Árabes Unidos. As rodadas de negócios, realizadas com dez empresas de calçados, aconteceram na sede das empresas e também na Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS, entre os dias 4 e 6 de outubro.

Com 100 lojas próprias localizadas no Oriente Médio, o grupo Alshaya busca calçados femininos de maior valor agregado e menos sensíveis ao preço. “O objetivo é criar uma linha mais premium, como opção aos produtos de materiais sintéticos importados da China”, conta a gerente de compras da empresa, Cyril Julianes, que classifica o que viu durante as rodadas como “excelente”.

O relatório da Abicalçados aponta para uma projeção de mais de US$ 120 mil em negociações para os próximos seis meses. A analista de Promoção Comercial da entidade, Patrícia Ledur, destaca que a gerente de compras ficou satisfeita com a qualidade dos produtos e com a estrutura das empresas. “Ela colocou que a estrutura das empresas é de nível europeu, bem diferente do que elas encontram na China”, avalia Patrícia.

Emirados Árabes

A ação foi idealizada com base no Estudo de Mercado realizado durante a primeira missão de prospecção realizada nos Emirados Árabes Unidos, em maio passado. Naquela oportunidade, foram identificados grupos potenciais para participação no Projeto Comprador Vip. Atualmente, o país árabe é considerado fundamental para as exportações de calçados, sendo considerado um dos mercados-alvo do programa Brazilian Footwear. “Apesar da queda nas exportações de calçados para lá, ocasionada por fatores macroeconômicos e dificuldades enfrentadas pelo país,  o mercado segue sendo fundamental para o incremento dos embarques de calçados, especialmente os de maior valor agregado”, comenta Patrícia.

Entre janeiro e agosto deste ano, os Emirados Árabes Unidos importaram 1,24 milhão de pares verde-amarelos, que geraram quase US$ 12 milhões, 25% menos do que no mesmo período de 2015. O preço médio do calçado brasileiro importado pelo país é de US$ 9,50, 16% maior do que o pago na média geral, de US$ 8.

Participaram da ação as empresas Anzetutto, Cristófoli, Lia Line, Sauter, Cecconello, Werner, Stéphanie Classic, Paquetá, Morena Rosa e Dakota.

Fonte: Abicalcados

 

 

 

Published in Acontece

Operação padrão prejudica calçadistasOperação padrão prejudica calçadistasOperação padrão prejudica calçadistas

A operação padrão nas aduanas, realizada pelos auditores fiscais do Rio Grande do Sul há mais de um ano, com intensificação desde julho do ano corrente, vem prejudicando os calçadistas gaúchos. O alerta é do presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein.

Amanhã, em encontro na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), o executivo da Abicalçados entregará uma carta ao Ministro do Desenvolvimento, Marcos Pereira, solicitando uma maior agilidade por parte do Governo Federal no cumprimento dos acordos realizados com a categoria em março deste ano, constantes no Termo de Acordo Nº 2/2016.

Segundo Klein, a retenção de mercadorias nos portos tem gerado prejuízos no abastecimento de insumos para indústrias do setor, colocando não somente a produção, mas empregos em risco. “O movimento dos auditores fiscais está causando atrasos operacionais de 48 a 168 horas, atrasando a liberação de insumos importantes para a produção de calçados, além de aumentar ainda mais os custos logísticos”, lamenta.  

O presidente do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Rio Grande do Sul, Lauri Kotz, explica que a operação padrão dos auditores foi intensificada a partir de julho, aumentando os prejuízos para as indústrias gaúchas. Segundo ele, o prejuízo é estimado em US$ 3 milhões diários, contando a paralisação do transporte terrestre, marítimo e aéreo. “Hoje todos os portos terrestres, aéreos e marítimos do Rio Grande do Sul estão sofrendo por causa da operação padrão”, comenta o dirigente.

Fonte : Abicalcados

Published in Noticias
Page 1 of 2

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não