Items filtered by date: June 2017

 

O mix para Verão 2018 da Anzetutto é inspirado em tons, traços e texturas repletos de feminilidade. O brilho é o grande protagonista, surgindo em versões que vão do clássico verniz aos modernos metalizados no estilo eclisse. Em sintonia com esse mood, o cetim retorna triunfal, em tons suaves e delicados. E, para imprimir um ar mais versátil e cool à coleção, o denim é a grande aposta.

O lúdico é outro highlight da marca, conferindo um charme descontraído aos produtos. Ele é representado por bordados, aplicação de metais em formato de estrela, corações, pedrarias, flores em relevo e recortes no estilo geométrico. As peças evidenciam nuances fortes e abertas, em contraponto com a cartela de neutros, terrosos e pastel. Destaque para o rosé, o pink e o azul malibu.

Published in Acontece

 

Com a elegância e exuberância em seu DNA, a Invoice apostou numa coleção repleta de romantismo com ares modernos para seu preview do Verão 2018. As novidades evidenciam as principais tendências da cena fashion e prometem agradar aos mais diversos estilos de mulheres.

Em propostas delicadas e cheias de informação de moda, os sapatos trazem uma boa dose de feminilidade, que se mostra por meio de enfeites florais e laços, tons suaves e neutros. A estética dos anos 70 também ganha destaque, com ênfase para a liberdade e o espírito jovem, com o protagonismo do salto quadrado. Na vibe future, as tendências do esportivo, dos metalizados coloridos e do mix de cores vivas ganham os holofotes, sendo que alguns modelos contam com um extra: a aplicação de pedrarias e metais que são uma profusão de brilho e formam mosaicos ultramodernos.

O luxo e o requinte, indispensáveis às criações Invoice, também marcam presença, com destaque para as linhas festa e Confort, tradicionais do mix da marca - linha confort conta com diversas opções de salto baixo e também um modelo com salto alto. A coleção traz opções que vão do flat aos saltos de altura baixa, média e alta, em combinações que exploram as grandes novidades do street style e passarelas internacionais.

Published in Noticias

 

O presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, participou, durante a tarde de ontem (28), da votação do texto base que trata de emenda para a continuidade do setor calçadista no rol de beneficiados pela chamada desoneração da folha de pagamentos (MP 774/2017). A votação aconteceu no âmbito da Comissão Mista do Senado Federal, sob relatoria do senador Airton Sandoval (PSDB-SP). A comissão terá nova reunião no próximo dia 4 de julho para apreciação de destaques, o que em nada mudará a inclusão da indústria de calçados como beneficiada pela possibilidade de substituição da contribuição de 20% sobre a folha de salários pelo pagamento de 1,5% sobre o faturamento bruto da empresa.
 
Segundo Klein, o avanço da emenda na Comissão foi um avanço para o setor calçadista brasileiro, embora nada esteja garantido, já que a emenda, agora, irá para Plenário, primeiramente em votação na Câmara e depois no Senado. “A desoneração da folha tem sido muito importante para a indústria de calçados manter minimamente a competitividade em um momento econômico turbulento. O retorno da contribuição de 20% sobre a folha de pagamentos, proposta pelo Governo Federal em março, seria um retrocesso enorme e certamente teria impactos significativos na geração de emprego, com custos sociais importantes para a sociedade brasileira”, comenta.
 
Atualmente com 7,7 mil indústrias, o setor calçadista brasileiro emprega diretamente 305 mil pessoas, tendo gerado, até maio, 19 mil postos na atividade.
 
Entenda
Em março, alegando dificuldades nas contas oficiais, o Governo Federal anunciou que acabaria com o benefício, criado na gestão Dilma Rousseff, e que atende 54 setores, entre eles o calçadista. Conforme o projeto do Executivo (MP 774/2017), apenas três setores foram preservados: transporte público, construção civil e comunicação.
 
Na proposta de emenda, atualmente avaliada na Comissão Mista, sob relatoria do senador Airton Sandoval, foram incluídos na MP outros seis setores, entre eles o de calçados, que continuariam pagando a alíquota de 1,5% sobre faturamento bruto.
 
A MP que acaba com o benefício vence no próximo dia 10 de agosto e, para não perder validade, tem que ser votada no Congresso antes dessa data.
 

Published in Noticias

 

Estimular a nova safra de profissionais do design voltado ao segmento de calçados e acessórios é um dos pilares da Francal 2017. O evento contará com o Espaço Novos Talentos para abrigar designers em início de trajetória e seus produtos carregados de originalidade, inovação, diversidade e frescor fashion. 

O espaço exclusivo funciona como uma incubadora de profissionais promissores e amplia visibilidade das jovens marcas numa feira de porte internacional, visitada por compradores e profissionais de todos os Estados brasileiros e dos cinco continentes.

“O Espaço Novos Talentos está em sintonia com a filosofia da Francal de revelar, divulgar e estimular profissionais em início de carreira, da mesma forma que vimos fazendo há mais de duas décadas com o Prêmio Francal Top de Estilismo”, diz Malu Fiorese, gerente de Negócios da Francal.

Confira as marcas participantes do Espaço Novos Talentos na Francal 2017:
Estela Brugnolli - Estela é designer de bolsas e acessórios de moda. Cursou o One Year Shoes & Bags no IED - Istituto Europeo di Design de São Paulo. Em seu projeto, o grande desafio foi propor um estilo diferente de bolsas para mulheres divertidas, que apreciem o design autoral, os materiais nobres, as texturas e cores, que percebem valor no artesanal, no singular e que gostem de uma peça que as diferencie no seu meio. A designer cria seus produtos com inspiração no patchwork, técnica que apreendeu com sua avó e agora aplica em suas criações.

Palomita (foto) - A Palomita é uma marca de calçados que se dedica a valorização da simplicidade da natureza, aliando técnicas artísticas para emocionar por meio de um design autoral artesanal de alta qualidade. São rasteirinhas feitas em materiais puros e naturais, livres do tingimento químico industrial, como o algodão e o couro natural. Tem uma produção limitada de peças únicas que levam pinturas e tingimentos feitos individualmente pela designer e artesã. Palloma Renny cursou a pós-graduação de Calçados e Bolsas no IED - Istituto Europeo di Design de São Paulo.

Dri Carneiro - A arquiteta, hoje, também designer de calçados, Adriana Carneiro cursou a pós-graduação de Calçados e Bolsas no IED - Istituto Europeo di Design de São Paulo. A marca Dri Carneiro nasceu com a proposta de oferecer design autoral, para a mulher que está em busca de peças femininas e contemporâneas, que não é escrava das tendências e gosta de pensar a moda como uma forma de arte, atemporal e duradora. Os cabedais elaborados delicadamente pelas mãos de Adriana, por meio de técnicas como crochê, tricô, macramê, tear ou bordado, ganham vida pelas mãos de habilidosos sapateiros que dão forma aos calçados. A designer imprime seu traço pessoal em cada um dos pares produzidos, consolidando assim o conceito da marca que desafia a obsessão da moda rápida, da produção em massa e a globalização do estilo. Não existem dois sapatos iguais. Cada um distingue-se pela beleza de sua individualidade, e o carinho na sua concepção. Cada peça é única, numerada e impossível de replicar. 

DIWO - DIWO vem da frase DO IT WITH OTHERS, que significa “faça com os outros”. Alinhada às demandas de comportamento e consumo da nova era, a DIWO busca trazer para o mercado um produto jovem e totalmente original, que se renova a cada edição a partir do intercâmbio com outras marcas e designers. Concebida e capitaneada por Marcella Lima, a new brand já nasce com a expertise de uma fábrica própria e experiência familiar de mais de 20 anos no setor de acessórios.

A-aurora - Izabella Suzart é designer. Graduada em Design de moda na PUC Rio, na BAU, Design College of Barcelona cursou marketing e estamparia e no IED, Instituto Europeo di Design do Rio de Janeiro estudou calçados e bolsas. A A-aurora é o nome que assina os calçados criados por Izabella Suzart. A marca nasceu da paixão pela arte e sapatos. Paixão essa que fez com que a designer fosse convidada a criar uma coleção exclusiva e expor seus produtos na exposição sapatos “O Design e a Madeira” no MAM, Rio de Janeiro. A marca desenvolve calçados artesanais e atemporais com foco no processo criativo, nas experimentações livres gerando formas únicas nas diversas maneiras de vestir os pés. Sempre explorando o que pode, não pode ou que poderia ser. Suas referências estéticas permeiam os campos da arte, design e moda, resignificando e resultando em um produto original e exclusivo. A A-aurora apresenta alta qualidade nos produtos feitos com grande atenção ao material, a cor e ao detalhe. Nascida no Rio de Janeiro, a marca produz produtos 100% brasileiros para pessoas que são do mundo.

Published in Acontece

 

Maior exportador de calçados em número de pares e segundo em valores do país, o Estado do Ceará não medirá esforços para alavancar os números do setor. Mais de 10 empresas estão de malas prontas para gerar negócios na Francal 2017.

A ida das empresas é um incentivo do Governo do Estado do Ceará, por meio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), que contará com um estande de 400 metros quadrados para abrigar as indústrias e receber interessados em negócios. Conforme a presidente da entidade, Nicolle Barbosa, a ideia é não somente gerar a comercialização dos produtos produzidos no Ceará para territórios nacionais e internacionais, mas atrair novas empresas dispostas a atuarem no Estado e capazes de complementar a cadeia produtiva. 

“O setor calçadista é um dos pontos mais pujantes da nossa economia. Somente nos cinco primeiros meses deste ano, a Adece incentivou a ampliação de quatro empresas de calçados gerando mais emprego e renda para a população do interior cearense. Nossos incentivos vão desde benefícios fiscais até apoio na infraestrutura para instalação e/ou ampliação dessas indústrias. Hoje, o Estado produz grandes marcas de nomes nacionais e internacionais. Somos referência ainda em mão de obra qualificada", explica a executiva da Adece.

Conforme Nicolle, um dos grandes diferenciais do Estado para comercialização no mercado externo é a localização geográfica. "Somos um dos pontos no Brasil mais próximos da Europa, dos Estados Unidos e da África", destaca. A presidente da Agência estará na feira acompanhada de uma comitiva do Governo do Estado do Ceará e de mais 10 prefeitos de municípios cearenses.

Expectativas
Participando pela primeira vez do estande coletivo incentivado pelo Governo do Estado, a Termoplastyc viu a oportunidade de continuar presente na feira e gerar novos negócios. "As expectativas são boas. Estimamos uma venda de, no mínimo, 70 mil pares de sandálias na Francal", afirma Bruna Araruna, proprietária da indústria. A empresa produz anualmente 2 milhões de pares e exporta para 34 países. 

Depois de alcançar resultados positivos com a participação na edição anterior da Francal, a empresa Malibu estará pelo segundo ano consecutivo no evento. De acordo com a proprietária da empresa, Rosana Ribeiro, o foco será em exportação. "Nossa meta principal é fazer frente ao nosso Estado. Sabemos que estamos passando por um momento crítico de crise, mas no ano passado fizemos bons contatos e muitos renderam frutos que ainda estamos colhendo. Penso muito em exportar e acredito que teremos bons contatos com a presença de novos empresários", avalia ela, prevendo um incremento de no mínimo 10% nas vendas da fábrica em relação ao ano anterior.

Published in Noticias

 

Arte, moda e sapatos. Essa trinca bastante poderosa estará reunida na Francal 2017, de 2 a 5 de julho no Expo Center Norte, em São Paulo, na exposição inédita “Do papel ao sapato”, assinada por Enrique Rodríguez, em parceria com a empresa italiana de papéis artísticos FAVINI.

Para o evento, Rodríguez levará 16 obras, nas quais o artista faz uma releitura de seu trabalho e traz conceitos artísticos que marcaram sua carreira. O designer é autor da técnica Arquitetura de Papel, em que superpõe estruturas tridimensionais de papel em diferentes medidas, criando jogos cenográficos de luzes e sombras, através do recorte de formas orgânicas e geométricas. 

“A inspiração para a exposição veio da minha admiração pelo sapato como objeto de design e pelas possibilidades que ele oferece para intervir suas formas com a minha técnica da arquitetura do papel”, explica. “Não posso deixar de citar também o estímulo da equipe da Francal para concretizar este projeto assim como a FAVINI, que com as cores dos seus papéis abriu um leque imenso de possibilidades cromáticas e artísticas”.

Sapatos: Uma Paixão 
A paixão por sapatos surgiu no contato de Rodríguez com a Itália. No início de sua carreira, frequentou as feiras de Milão e foi lá que conheceu as grandes marcas, os ícones do design e as tendências. A partir dessa aproximação, seu interesse por esse universo cresceu e, agora, se concretiza nessa exposição inédita. 

“O sapato é um objeto de design altamente sofisticado que permite múltiplas possibilidades de construção arquitetônica e o papel, por ser um material maleável favorece esta pesquisa e a descoberta de diferentes planos e construções plásticas”, completa. 

O também arquiteto e designer industrial acredita que a arte é um grande motor propulsor para a criatividade e a reinvenção no mundo do design. Ele explica que sua participação nesta feira é uma prova disso: poder mostrar que materiais, criatividade e ousadia conseguem se comunicar através de sua proposta artística.

Published in Noticias

 

Os brilhos continuam firmes e fortes para multiplicar e espalhar a graça e o charme das pequenas princesas. O glitter e o lurex nas sandalinhas e saltinhos, flats, sapatilhas de bico fico e nas versões para as bebês, trazem um clima cheio de festa para os lookinhos e ainda lembram os inspiradores contos de fadas.

Das profundezas do mar, o sereismo conquistou o streetwear das adultas e chegou para levar muita magia e fantasia para a moda infantil também. Produzidos em material laminado furta-cor, os esportivos com LED, flats, sapatilhas e saltinhos recebem um superefeito holográfico e destacam a tendência nos sapatinhos.

A Molekinha criou um mundo lúdico e divertido com detalhes fofos e delicados em seus calçados. Sandalinhas com saltinho e flats com babados e ondas dão uma pitada muito feminina para os outfits. Os apliques de pérolas, flores, cristais e patches deixam os modelos das linhas, que atendem a numeração kids e bebê, ainda mais desejáveis e apaixonantes.

Se o dia pede um visual mais cool, o jeans em esportivos e slippers chega com versões bem descoladas: com patches e efeito trançado. A inspiração náutica deixa aquela vontade de se aventurar nas mais diversas combinações! E os florais em estampas, aplicações e vazados perfumam a nova coleção da marca com delicadeza.

As cores, que tanto atraem as meninas, colorem as produções com personalidade e estilo fashion. As candy colors refletem a imaginação sonhadora das garotas em seus figurinos criativos. Mocassins, flats, sapatilhas e slippers em tons de pêssego e rosa dão um ar cativante para as pequenas it girls. Já as bold colors, intensas e brilhantes, dão alegria para esportivos, huaraches e sapatinhos para as bebês.

Published in Acontece

 

O marketing digital, mais especificamente o realizado por meio dos chamados influenciadores, esteve no foco da 21ª edição do Seminário Nacional da Indústria do Calçado (SNIC), evento ontem (13) realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) na Unisinos, em São Leopoldo/RS, e que teve o patrocínio da Couromoda. Com nomes de peso, o evento contou com grande e qualificado quórum de mais de 250 pessoas. “Mais de 90% do público era de estudantes e criativos ligados ao setor”, ressaltou o gestor de Projetos da Abicalçados, Cristian Schlindwein.Citando cases, o primeiro palestrante foi o jornalista e professor Cristiano Santos, que falou sobre o poder das redes sociais e o papel das mesmas tanto no sucesso quanto no fracasso da marca.”Cerca de 60% das pessoas usam as redes sociais antes de comprar produtos”, frisou. Segundo ele, influenciadores digitais, anônimos ou não, são alternativas importantes e que devem fazer parte da estratégia comercial de qualquer marca que busque visibilidade e sucesso nas vendas. Gestão de crise também foi abordada por Santos. Para ele, quando num momento crítico, a marca age rapidamente – e com qualificação – ela tende a ganhar “advogados” para a defesa.

Para a escolha dos influenciadores, o especialista destacou que existem alguns passos que devem ser seguidos pela empresa: ouvir o mercado; escolher os canais nos quais atuar; abordar e interagir com os influenciadores; e ativar nas redes. “Hoje existe uma tendência muito forte da utilização dos chamados microinfluenciadores, que tem até mil seguidores, mas possuem alto poder de engajamento, além de exigirem menor investimento”, comentou.Mercado em crescimento

A segunda palestra foi ministrada pelos diretores da W3haus, Tiago Niederauer e Patrícia Angeletti, que trouxeram dados do crescimento do mercado digital no Brasil e também o case de sucesso da TIC TAC. De acordo com os gestores, o marketing digital no País já movimenta mais de R$ 200 milhões por ano, sendo que o crescimento estimado para 2017 é de 26%. "Além disso, 34% das pessoas preferem comprar um produto endossado nas redes sociais, número que cai para 27% quando o assunto é TV”, afirmou Patrícia, ressaltando que a estimativa é de que para cada R$ 1 investido com influenciadores o retorno é seja de R$ 6 para a empresa. “E o Brasil tem um campo de ação muito grande, pois dos 100 canais mais importantes do mundo no Youtube – a plataforma mais relevante – 24 são brasileiros”, acrescentou.

Falando do case de sucesso da TIC TAC, que precisava informar ao mercado os seus sete diferentes sabores, Niederauer contou que a ação contou somente com youtubers brasileiros, que “invadiam” canais dos colegas para mostrar a interação dos diferentes sabores da bala. Segundo ele, foram mais de 90 milhões de impactos com a ação. O especialista ressaltou, ainda, que a empresa que contrata um influenciador não deve tentar mudar o discurso do mesmo, dando liberdade de criação para que a ação seja natural. “Então qual o nosso papel enquanto agência? É ter a ideia, transformar o problema em solução, dar alguns ‘dont´s’ – coisas que não podem ser ditas/feitas -, mas jamais influenciar no discurso deles”, concluiu Niederauer.Métricas

A terceira palestra foi realizada pelo especialista em Inteligência de Dados e co-fundador da Atlas Media Lab, Gabriel Ishida, que falou sobre seleção e mensuração de resultados das ações com influenciadores digitais. Segundo ele, mais importante do que likes é o engajamento proporcionado pelo influenciador. “Existem ferramentas tanto para a seleção de influenciadores, por engajamento, áreas de interesse e potencial de propagação, como mensuração de resultados com visibilidade Trata-se de um investimento importante”, frisou. Ishida ressaltou que, para escolher o profissional para ação, é importante segmentar. Existem três tipos de influenciadores: o broadcaster (celebridade), bom para ações de alto alcance e com escala; o conector, que tem baixo/médio alcance, mas um público mais qualificado e engajado; e o legitimador, que também de baixo/médio alcance, mas um público altamente interativo e engajado, ideal para targets específicos e exigentes de credibilidade. “O ideal é combinar os três tipos”, destacou.Dando sequência aos trabalhos, Felipe Oliva, CEO da plataforma líder de marketing com micro-influenciadores que atende mais de 100 marcas, a Squid, discorreu sobre a mudança da publicidade no ambiente digital. “Hoje o banner já não é mais eficiente, é preciso outra estratégia, aí que entra o papel dos micro-influenciadores, especialmente pela credibilidade e base de confiança que detêm com os seguidores”, destacou. Oliva comentou ainda sobre os chamados “advogados das marcas”, que podem ser criados por meio da ação dos influenciadores digitais.

Bate-papo
A segunda intervenção da tarde foi o bate-papo com influenciadores, que trouxe ao palco a jornalista e criadora da RSbloggers Andressa Griffante, considerada pelo youPIX uma das 30 personalidades mais relevantes do universo on-line no País; o produtor de conteúdo do Meio Bit, Nick Ellis; e o criador do site Não Salvo, o publicitário Maurício Cid. Com muito bom humor, eles contaram casos de clientes que tiveram trabalhos negados por motivos diferentes e também de relações de sucesso, sempre com base na credibilidade que passam e o engajamento dos seguidores.Encerrando os trabalhos, a última palestra do dia foi proferida por Luciano Potter, comunicador com grande influência junto ao público jovem. Na apresentação, Potter falou sobre marcas que estão apostando no ambiente digital com grande sucesso – caso da Giphy – e também da velocidade das mudanças na comunicação e publicidade proporcionadas pela tecnologia. 


O SNIC teve o patrocínio, também, da Braspress, Francal Feiras e Sicoob Ecocredi, parceria da Unisinos, apoio especial do Sebrae e curadoria da Share.

Published in Noticias

 

A 49ª edição da Francal, feira calçadista que acontece no Expo Center Norte, em São Paulo/SP, entre os dias 2 e 5 de julho, será palco de mais uma edição do ciclo de palestras objetivas Talk Shoe. Realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) nos segundo e terceiro dias da Francal, o Talk Shoe acontecerá no Palco Tulipa a partir das 13h. 
 
Entre os assuntos abordados nos dois dias de palestra estão as tendências em branding, que será apresentada pelo líder do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Marketing Brasil/França e professor da ESPM-Sul, Diego Costa Pinto. “Basicamente, vou falar sobre gestão de marcas, trazendo a importância do DNA por meio de cases de grandes grifes internacionais”, adianta o palestrante, acrescentando que também falará sobre o impacto emocional das marcas e o trabalho de construção das mesmas no mercado internacional. A palestra do professor da ESPM-Sul abre os trabalhos do Talk Shoe, às 13h do dia 3. 
 
Programação
Às 14h do mesmo dia, o gerente Comercial e de Marketing da CIAO MAO, Daniel Hayashi, falará da história da marca de calçados customizáveis. Hayashi falará, ainda do case vencedor do Prêmio Direções 2017 na categoria Internacionalização, quebrando o mito de que somente empresas de grande porte conseguem sucesso no mercado internacional.

No dia seguinte (4) o tema será cocriação e será apresentados pelo coordenador dos programas de MBA e Marketing da ESPM-Sul, Artur Vasconcellos (13h), e depois pelo CEO da Usthemp, marca vencedora da mais recente edição do Prêmio Direções na categoria Design, Fabiano Bladt (14h). 
 
O Talk Shoe – que nesta edição não exigirá inscrição prévia, mas tem lugares limitados - é uma realização da Abicalçados que conta com os patrocínios da Francal Feiras e Couromoda. A parceria é da ESPM-Sul. Mais informações no site www.abicalcados.com.br/talkshoe.

Published in Noticias

 

Com ares romântico e moderno, o floral em estampa e em bordados, nas versões liberty, mais miúdo, ou tropical, com folhagens, assume a construção das anabelas, mules, flatforms e slippers que chegam à Francal pela Beira Rio Conforto. Os vazados, cuidadosamente desenhados a laser surgem nessa temporada para refrescar as produções. Elas podem ser usadas tanto em looks despojados ou formais.

O metalizado, uma febre que traz um clima hi-tech para o street style, continua iluminando os outfits. Mas, além dos tradicionais tons grafite, prateado, dourado e ouro rosado, a Beira Rio Conforto apresenta o laminado colorido nas nuances rosa, pink, nude e azul, para dar vida aos scarpins, sapatilhas slim, mocassins, sandálias meia pata e peep toes.

A inspiração navy, consagrada pela Coco Chanel como um clássico da história da moda, veio com uma nova sugestão às combinações, com detalhes atuais e que são a cara da estação. Já a corda, cortiça, tressê, os tons terrosos e o salto fachete revivem o visual étnico.

As candy colors, que conferem muita delicadeza para os looks, dão um toque doce para as sandálias de salto médio estruturado, mocassins, flatforms, scarpins, espadrilles, sapatilhas, tamancos e aos esportivos casuais. Na mesma sintonia, o acabamento degradé, com tonalidade mais suave, transmite um shape descontraído e original aos sapatos da marca. As bold colors, que constroem visuais impactantes, colocam todas as cores do arco-íris no closet, alegrando os calçados em tons de amarelo, rosa, azul royal e vermelho vibrante.

Para as mulheres práticas e que amam investir em peças pontuais, mas que fazem a diferença nas composições, a Beira Rio Conforto recria os modelos clássicos. Os esportivos, que ganharam as ruas pela sua comodidade e conforto absoluto, voltam completamente repaginados para a nova coleção.

Published in Acontece
Page 1 of 5

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não